quinta-feira, 30 de setembro de 2010

‘Perdoa-me pai, eu comprei’ – Setembro

Postado por Luciana Mara às 23:59:00
 
"Estou muito solitária agora, Giles ainda está bravo comigo por seus molares perdidos, embora fossem apenas dentes de leite que logo cairiam de qualquer forma. Ele protestou porque..."*

Era o que eu lia quando ele chegou. Escondi o livro entre mim e o divã.
Minha primeira consulta com o Sr. P. (cuidado pensadores de besteiras).
Ele estava 6 min e... 47 segundos atrasado.
- Bom dia!
- Bom dia! - eu disse - O Sr. atrasou 6 min e 47 seg.
- Podemos compensar este tempo no final da consulta.
- Você podia descontar o equivalente ao tempo perdido no preço da consulta? Adoro descontos!
- Se assim preferir... - disse ele com a cara bem fechada.

Com certeza ele acha que vai tratar de uma paciente com um caso muito sério e grave. Sem exageros. Detesto exageros. Sou uma pessoa muito contida, principalmente no que diz respeito a $. Exceto quando se trata de bolsas. E DVD’s. E livros. E é infelizmente este motivo que me trouxe aqui.

- Bom... Como você está?
- Bem, obrigada. – Respondi. Minha mãe me deu educação e não é só porque eu estou pagando para ele me escutar que eu vou deixar de saber como ele está - E você?
- Estou bem também. Bom... O que está te incomodando?
- Nada, a não ser o fato de que o Sr. fala ‘bom’ demais para o meu gosto. – Tudo bem que não falei tudo, só pensei. Parei no ‘Nada.’ mesmo.
- Bom... Então, qual é o motivo do nosso encontro?
- Vim porque meu pai insistiu. Ele disse que só faria minha estante para DVD’s se eu viesse a uma consulta. Estou precisando esvaziar uma prateleira para colocar mais livros.
- E por que seu pai queria que viesse?
- Ele disse que eu sou compradora compulsiva.
- E você é?
Acho que este é o momento ideal para começar a mascar um chiclete e pego um dentro da minha bolsa vermelha de cetim (nada) discretíssima da Pucca. Mudar de assunto cairia muito bem.
- Você aceita um Trident? Estou viciada neste de... Espera um pouco. Han... Eu estou gostando muito desse Trident preto, o Fresh Intense. – Acho que viciada não é uma boa palavra para ser usada com o Sr. P.
- Você compra muito? – Ele pergunta.
- Sim, sim, no mínimo dois pacotes por semana. Você tem certeza que não quer? Ele tem gosto de Vick. Não que eu tenha comido! Mas imagino que tenha esse gosto. Tenho que ir e voltar mascando chiclete, porque quando leio ranjo os dentes. Acho que estou com bruxismo. Ai... Tenho que falar sobre isso é com o dentista. Odeio dentista! Odeio médico! Não é nada pessoal. Tenho Trident de outro sabor, aceita?
- Não, obrigado. Mas na verdade estou falando de livros, querida. Você compra muito?
- Han?
- Você compra muitos livros?
- Não.
- Não?
- Não!

Juro que nesta hora, se meus olhos soltassem lasers seria o momento do Sr. P ter ficado duro. Morto. Mortinho da Silva Sauro.

- Quantos livros você comprou esse mês?
- Menos que o mês passado. – Este é um bom momento para avaliar minha cutícula.
- Menos quanto?
- Menos que agosto. Dá uma olhada no ‘Perdoa-me pai, eu comprei’ do mês passado e vai dar para saber o quanto menos. – Juro que queria fugir dali.
- Vamos falar em números para ficar mais claro.
- Tudo bem, então. Comprei 10% a menos. Olha que evolução! Deixa eu te mostrar meu orgulho. Tenho até uma foto aqui que tirei dos meus novos bebês, ops..., livros. Desculpe.

 Os Arquivos do Semideus - Rick Riordan
Diários do Vampiro 4 - L. J. Smith
A Ilha Sob o Mar - Isabel Allende
Menina de Vinte - Sophie Kinsella
Lembra de Mim - Sophie Kinsella
Sorte ou Azar - Meg Cabot
Amante desperto - L. R. Ward
Beautiful Dead - Eden Maguire
Fallen - Lauren Kate

E foi ai que eu errei.
Ele avaliou e vi que estava contando a pequena montanha.

- Nove???
- Só nove. Menos do que no mês passado. Mas comprei alguns DVD’s também.
- E destes quantos você já leu?
- Hum... Deixe-me ver meus bebês de novo – Ele me entrega o celular. – Dois e meio, sendo que um eu já tinha lido em e-book há algum tempo.
- Então porque você comprou?
- Eu gosto de comprar. – Ai... outra frase errada.

- Quantos livros você têm na fila para serem lidos?
- Tenho a minha idade de livros na fila. – Nunca pensei que o fato de eu ter cara de mais nova do que eu realmente sou poderia me ajudar em alguma coisa.
Sr. P. saiu e foi até sua mesa.
- 24?
- Que emoção! Primeira pessoa que acerta da minha idade. Jura que eu tenho cara de 24?
- Não, você parece mais nova que isso, mas na sua ficha tem sua data de nascimento. Só fiz as contas.

Estou pagando para o cara me ferrar. Eu podia muito bem pegar o dinheiro da consulta e investir em cultura (na minha concepção, vampiros, anjos e romances melosos são cultura). Espero só ter pensado nisso e não falado alto. Pelo menos consegui segurar minha língua e não contar que já comprei 4 livros em outubro. É apenas um detalhe estarmos no último dia de setembro. Não me peça para explicar meu calendário.

- Sr. P., peço licença para eu ir ao banheiro.
Foi a melhor desculpa que arrumei. Agarro o livro nas minhas costas e vou ao banheiro. Nada melhor do que simular um piriri. Passei meu tempo lendo.

“...só podia comer sopa, o que, é claro, passou subitamente a odiar, e quando terminou de me culpar...*

Meu celular vibrou. Mensagem.

‘Lu, 20% d progressivo. Quer o IAN4, HoN6 ou FMF3? Responde agora pq vou fechar. Bjo’.

‘Quero os 3! Me dá um tok se receber esta msg p/ eu ter certeza que vc vai comprar’.

É por isso que eu amo meus monstrinhos. Sempre eficientes.

Volto para a sala.
- Desculpe a demora. Acho que alguma coisa que comi não me fez bem.
- Tudo bem, nossa hora já terminou mesmo. Passe na secretária para ela te devolver os 6 minutos e 47 segundos de atraso. Nos veremos em breve. Tente se controlar, ok?! Se sentir vontade de comprar respire fundo e pense numa luz amarela.
- Ok! Muito obrigada pela... Desculpe meu telefone tocou. – Olho o visor. Mensagem recebida, compra realizada, toque de confirmação. Abro o sorrisão – Han... Já desligaram. Nos vemos por ai.

Saí e vi uma luz amarela. Mas era apenas o sol. Nada de pensamentos voltados para a contenção de gastos. Cumpri minha parte do acordo. Era comparecer a uma consulta. Só espero que minhas prateleiras, ao contrário da minha estante, não nasçam prematuras de gestação de mulheres (7 meses, dá para acreditar?). Podia muito bem ser uma gestação de coelha, não é? Está me lendo pai?

*Trechos de 'A menina que não sabia ler' de John Harding.

18 comentários:

Anônimo disse...

Lu,

Acho q foi o melhor post até agora.
No começo não entendi muito bem, mas depois morri de rir.
Acho q vc deveria escrever um livro.
Só estranhei a parte da msg no cel, não é vc q fica tentando as suas monstrinhas com promoções não?!! ;)

Ela é uma criadora tão boa que consiguiu mudar a compulsão de compras de uma de suas criações, de sapatos para livros (se bem q consigo comprar mais livros com o mesmo valor q eu compraria um sapato e ainda por cima adquiro cultura, to começando a gostar da troca).

Bom acho q escrevi demais, sendo q esse não é meu forte.

Bjos da sua monstrinha (kkkkkkkkk)

Ana Carolina

Luciana Mara disse...

Ei Monstrinha!

Estou educando meus monstrinhos tão bem que já recebo alerta de promoções...kkk... De verdade!

Escreveu msm... fiquei até chocada!
Que bom que gostou do post:)

Bjins, da Criadora =D

Dri disse...

O que é isso? Você está formando um séquito de comprados compulsivos!!!! kkkk

Adorei a crõnica! Cheia de humor.
Sua estante já saiu?

Olha quem falou de mim? 9 livros? e Já comprou mais 4!!!

Beijão!

liviaest disse...

Fala Gêmea!!

Vc tá profissa, heim! Vc consegue passar tudo aquilo que nós, seus monstrinhos, sentimos...

Ser seu monstro é um orgulho! Ow sou tão mostro que minha moeda agora é livro. Vou gastar com alguma coisa, em vez de pensar "Eu preciso mesmo comprar isso?!" eu penso "Quantos livros eu poderia comprar se deixasse de comprar isso!".. hahahha.. Putz.. a que ponto chegamos?! Isso não importa.. o importante mesmo é olhar para todos eles e saber que estão ali aconchegados em seus saquinhos ou plático filme na estante... ai ai.. só nós sabemos o significado disso...

Não cheguei neste nivel com meu psicólogo... esse assunto é meu!!! Fala com seu pai.. que vc num tá por ai bebendo, nem fumando nem se drogando.. é só cultura!!! Para minha mãe eu digo que não estou comprando mais livros ou então que só compro de vez em quando... quando ela vier me visitar.. terei que guardá-los em um caixa (claro que super limpa, dedetizada,impermeável.. etc.).. hahahha

Boa sorte com as prateleiras... ainda bem que ainda tenho espaço para colocar alguns livros.. depois começo a me preocupar.. ou quem sabe arrumar uma casa maior com uma biblioteca que nem a do Mr. Darcy.. de preferencia com ele dentro... Tá to voltando pro planeta Terra...

Bjosss

PS: Não precisa nem dizer que amei o post, né?

Paulatictic disse...

Muito bom...
gostei muito mesmo!

Babi Dewet disse...

HASHAHAHA muito bom, adorei! Super criativo!

Nanda disse...

Ei Lu,

Ri muitooooooooooo deste post, o melhor que já li aqui amei demais rsrsrs
Claro me identifiquei em todas as partes, até do aviso no celular rsrs, só não fica ninguem me chamando a atenção mais para as compras, agora eu falo que é tudo de parceria hauhauhauha

beijooo

Kellen Baesso disse...

Amei!!!!!
Parabéns pelo post!

Lulu Sempre Romantica disse...

Oi conheci seu blog hj através do twitter eh adorei, muito lindo.eh to rindo com esse post, será que tenho esse problema kkkk
Bjs

Carol disse...

Oi oi,
Vim parar aqui pelo tweet da Nanda e adorei o texto e o blog!
Ri muito!
Esse ano estou ficando louca com tanta promoção tb. hehehe

bjinhos

Cíntia Mara disse...

Muito bom o texto, adorei e ri muito :-)
Bjos

Fernanda disse...

Posso falar?! Se não fui A primeira, fui uma das a ler este post!

Eu, num daqueles dias entediantes no trabalho, conversando com a Lu por e-mail, ela me conta que teria novo post a noite. Me manda então um pedacinho...

Ameeeeiiii!! “Lu, me manda mais??”

Ficou muito bom! Me diverti lendo....fora q realmente vi a Lu nisso aí...é a vontade reprimido dela! rsrs (reprimida por ela mesma! hehe)

Lu, já falei né?? Qd escrever seu “Chick-lit”, estarei de plantão na fila pra pegar um dos primeiros exemplares!

Bjão

Carolina disse...

Parabéns pelo post.
Isso aconteceu com vc de verdade ???

Não entendi:trechos da menina que não sabia ler ????

Espero que vc responda as minhas peguntas para eu entender melhor o post!

Adorei o seu blog,vc escreve muito bem!

Luciana Mara disse...

Carolina,
minha visita ao psicólogo aconteceu só na minha cabeça =P
A menina que não sabia ler é um livro, é o que a personagem da história estava lendo quando foi consultar. Está aqui o link: http://toclivros.blogspot.com/2010/10/26-menina-que-nao-sabia-ler-john.html

Bjins

KassiaCrislayne disse...

Adoooooorei! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Sílvia Mati disse...

Sei q estou um pouco atrasada, tipo 1 ano e alguns meses. Mas, adoreiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Me identifiquei muito com essa pessoa. KKKKKKKKKKKK

Luciana Mara disse...

Num é?
Até que ultimamente eu tenho dado uma maneirada, cof...cof...cof..., mas quando surto...kkk

Luciana Mara disse...

Carolina,minha visita ao psicólogo aconteceu só na minha cabeça =PA menina que não sabia ler é um livro, é o que a personagem da história estava lendo quando foi consultar. Está aqui o link: http://toclivros.blogspot.com/...Bjins

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea