segunda-feira, 4 de outubro de 2010

#24: Bubble Gum (Lolita Pille)

Postado por Luciana Mara às 23:16:00
Sinopse:  Manon, uma jovem provinciana, bonita e entediada, que sai do sul da França para tentar a vida como modelo em Paris, começando como garçonete; e Derek Delano - herdeiro de uma multinacional do petróleo, aristocrata 'blasé' cujo maior prazer é comprar e manipular as pessoas em jogos cruéis. Atraído por Manon, Derek é seduzido pela idéia de corrompê-la, de estragar seu destino. Afinal de contas, numa vida esvaziada de sentido, a destruição de um ser inocente é um projeto de vida que faz tanto sentido como qualquer outro. Graças a ele, Manon realiza o sonho de brilhar como modelo e atriz, mas ao preço da dependência de antidepressivos, cocaína e outros vícios. Mas logo se dá conta da armadilha em que caiu e planeja uma vingança. 

Comentários: Adiei escrever sobre este livro durante um tempo porque ele tem uma vibe pesada. Estava vindo de histórias bonitinhas, fofas e românticas e Bubble Gum não tem nada disso. Eu precisava de inspiração, de inspiração bem dark para escrever sobre este livro. Então hoje vai...

Ou seja, hoje estou com raiva, estressada, cansada, doida para ficar em casa de bob's vendo um filme/seriado ou lendo um livro e louca para xingar aqueles trilhões de palavrões que (in)felizmente aprendemos na escola. E para piorar ainda é segunda-feira!!! Por mim, os dias da semana poderiam chamar antes-prévia-pré-semi-sexta (equivalente à segunda), prévia-pré-semi-sexta (terça), pré-semi-sexta (quarta), semi-sexta (quinta) e 'SEXTA-SEXTA'!!! Saber que é segunda-feira afeta meu psicológico. Talvez se mascarasse a segunda me sentiria melhor.

Pois então, voltando a assunto, Bubble Gum inicia nos apresentando a rotina da protagonista Manon em sua cidade natal nos contando sobre sua vidinha de m&#%@. Ela mora com o pai e trabalha no bar. Nada acontece, nada muda até que um agente chega a sua cidade, lhe dá um cartão e diz que ela tem chances de se tornar uma grande modelo.

Assim, enquanto ela fuma milhões de cigarros escondidos (f$%#%$@ seu pulmão) pensa no que fazer. Então, chega seu aniversário, seu pai fala as mesmas coisas, faz o mesmo bolo e lhe dá uma grana. Sem pensar duas vezes e sem se despedir, Manon sai de casa e vai para Paris tentar a sorte. Clássico começo de história de alguém que não era nada, passa por dificuldades e chega ao estrelato. História digna de sessão da tarde. Seria tão bom se tudo fosse real.

Chegando a Paris, ela marca com o agente e descobre que se quiser a ajuda dele ela terá que dar (literalmente) outra coisa em troca. Com estes termos, nada de acordo. Assim, Manon começa a trabalhar como garçonete (de volta ao emprego que fugiu) e arruma uma pocilga para morar. E é no restaurante que conhece Sissi, também garçonete e ex-aspirante a atriz que f@#e, ops... dorme com, como diria uma amiga, tudo que faz xixi em pé, em troca de benefícios. É ela quem abre a porta do inferno à Manon quando consegue um par de ingressos para uma festa badalada.

Em paralelo à história de Manon, conhecemos Derek, um bad-boy muito rico que só quer aproveitar a vida. Droga, sexo e Rock´n´Roll é seu lema. Ele já fez tudo que podia, já tinha tudo que o dinheiro podia comprar. Seu novo objetivo? Ferrar com a vida de alguém. Eis que surge Manon, linda e inocente.

Ela aparece na festa com um vestido vermelho da década passada e chama atenção de Derek. Ela amanhece em sua cama. A partir daí ele faz de tudo para torná-la ‘famosa’. Manon se transforma. Aos poucos, nem ela mesma se reconhece. Seus cabelos perderam o brilho, seus dentes estão estranhos, seus lábios deformados. Mas ela é famosa. Sai em capas de revista (santo photoshop!), participa de eventos com atrizes e atores renomados e é convidada a estrelar um filme. Um filme! Seu sonho se torna realidade.

Então, Derek faz ‘A pergunta’, recebe ‘não’ como resposta e resolve que é o momento de tudo acabar.
De um dia para outro, Manon é expulsa do hotel onde morava, os outdoors com suas fotos somem, se é que existiram, e a única coisa que lhe resta são 10 mil euros e seu vestido vermelho. E nada de Derek. Ele sumiu. Foi sonho ou tudo aconteceu de verdade? Qual é a chave deste mistério?

Eu achei que essa tal chave foi muitoooo viajada. Para mim, esta chave estava na fechadura errada.

Acompanhei a vida do casal como num reality e os vi em total decadência (se bem que Derek já estava rumo ao inferno há muito tempo). E uma das últimas cenas me lembrou uma das minhas partes favoritas do filme Sr. e Sra. Smith, logo antes da casa deles ir pelos ares.

Lição? Deu para ver o que a busca desenfreada pela fama, o descontrole e falta de estrutura familiar podem fazer com a vida das pessoas. Acho que objetivo e foco são essenciais.

Já ia esquecendo de comentar... Cocota? Pelo amor de Deus... O Derek por dentro das novidades, tendo tudo que o dinheiro pode comprar (e o que não pode também) e chamando as mulheres de Cocota? Acho que nem meu tataravô quando paquerava minha tataravó a chamava assim.

Ainda bem que paguei baratinho, porque não é um livro que lerei novamente. Não posso dizer que não gostei, mas ele com certeza entrou na lista das histórias [inesquecíveis ^(-1)].





Onde comprar: Submarino 
 
Ps.: P@$$#, F@#$@, V@# t!#$# c$, B$@#$, m#$@#
Pronto, acho que já xinguei bastante por hoje.

4 comentários:

Dri disse...

Depois que li Cem escovadas antes de ir para cama, fiquei receosa com esse tipo de livro. Não entendi muito bem qual a ligação que fiz com os livros (rsrs), mas esse livro me lembra de Cem escovadas... que é uma @#$%&...rs

Beijão!

Louise disse...

"Por mim, os dias da semana poderiam chamar antes-prévia-pré-semi-sexta (equivalente à segunda), prévia-pré-semi-sexta (terça), pré-semi-sexta (quarta), semi-sexta (quinta) e 'SEXTA-SEXTA'!!!" Acho q vou adotar esses nomes....kkkkk
Não li o livro, mas Cocota???Q horror!!!!!kkkkkkk
Muitooo bom!!!!
Bjinhos...

Lu disse...

Luciana, esse livro não me chama nenhuma atenção. Já ouvi dizerem que o livro era ótimo, mas não achei nada de graça nele.
Adorei sua resenha que me mostrou mais um pouco de como é a história e definitivamente não quero esse livro. kkk

Nanda disse...

Ei Lu,

Definitivamente não quero ler este livro rsrs, mas vc sabe ne, se eu ganhar ou se aparecer de bobeira na estante ja era eu leio hehehehe

Cocota é sacanagem hauhuahau

beijooo

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea