quarta-feira, 27 de abril de 2011

#56: Perfeitos (Scott Westerfeld)

Postado por Luciana Mara às 23:00:00

Sinopse: Tally finalmente é perfeita. Agora seu rosto está lindo, as roupas são maravilhosas e ela é muito popular. Mas por trás de tanta diversão – festas que nunca terminam, luxo e tecnologia, e muita liberdade – há uma incômoda sensação de que algo importante está errado. Então Tally recebe uma mensagem, vinda do seu passado, que a faz se lembrar qual é o problema na sua vida perfeita. Agora ela precisará esquecer o que sabe ou lutar para sobreviver – as autoridades não pretendem deixar que alguém espalhe esse tipo de informação.

Comentários: Tira a mulher da capa e, realmente, esta capa é perfeita!!! Não resisti, tive que comentar (Por favorzinho, Nossa Senhora dos Namoros Mantidos, não deixa o Léo ler o comentário acima =/)

Esta resenha contém SPOILERS de Feios (Resenha AQUI). Agora fica por sua conta e risco! (Só não diga que eu não avisei...)
 ---------
Tally agora é perfeita!

Se sentindo culpada por ter entregado (mesmo que não intencionalmente) a localização da Fumaça (refúgio dos feios que não queriam se transformar em perfeitos), Tally se dispõe a se render e submeter à cirurgia que garantiria a ela um lindo rosto, corpo perfeito e uma lesão no cérebro. Esta lesão condiciona todos os perfeitos a seguirem as regras impostas e não provocarem brigas, guerras e destruição, mas em consequência os impedem de pensar e agir espontaneamente. Este era um segredo dos médicos da Fumaça, Az e Maddy, pais de David (peguete feio/bonito - mas não perfeito - da Tally.). 

Agora, assim como os outros perfeitos, Tally era desmiolada, só pensava nas festas, no tipo de roupa adequada para cada ocasião e em se juntar aos Crims, um grupo de adolescentes que gostava de ser diferente, do qual Shay e Peris, seus melhores amigos, já participavam.

E foi em uma das festas que o mundo perfeito de Tally desaba e ela começa a entender/relembrar que a perfeição em que eles viviam era forjada. Em tal festa (traje: a fantasia) Tally sente e observa que de longe está sendo vigiada por alguém que se vestia como um Especial (autoridade máxima do lugar). Após driblar seu anel de interface e as paredes inteligentes do local da festa, ela encontra seu perseguidor: Croy, um feio e ex-colega da Fumaça. Ele lhe dá uma pista para que ela prove que não é manipulada, descubra o que aconteceu, tente recuperar sua memória recente (perdida após a operação), além de honrar o compromisso feito aos que permaneceram na Fumaça (se submeter à operação, para em seguida, tomar a cura da lesão e se certificar que os comprimidos realmente funcionam).

Vislumbres do passado, caça a verdade e Zane, o líder dos Crims. Esta é a nova realidade de Tally. Após algumas conversas com Zane (um perfeito-perfeitíssimo... ui), Tally descobre uma grande afinidade e segue com ele em uma continua busca da verdade e do auto-controle de suas ações e pensamentos. É quando eles entendem a pista deixada por Croy, dividem a decisão e se arriscam em busca da cura. Além disso, após se envolverem emocionamente, descobrem que ficar borbulhante (palavra irritante e muito presente no livro - que significa alerta, com adrenalina a mil) contorna momentaneamente o pequeno defeito no cérebro após a operação.  

A partir daí, o novo casal apresenta esta a missão dos Crims: se manterem borbulhantes, várias vezes arriscando suas vidas, para poderem viver de verdade (e não serem apenas manipulados pelo sistema). 

Mas se manter borbulhante o tempo todo é muito difícil. O que os Crims precisavam mesmo era fugir de Nova Perfeição, encontrar os novos enfumaçados e tomarem os comprimidos certos para se curarem.

Eles conseguiram fugir ou foram impedidos pelos Especiais? E o David, com quem Tally teve um romance em Feios, foi esquecido ou teremos mais um triângulo amoroso? E Zane, com suas horríveis dores de cabeça, resistirá?

Para saber, só lendo Perfeitos.
---------
E mais uma vez um livro com altos e baixos (mas que no fim ainda teve um saldo positivo).
Parece a montanha-russa/gráfico de Feios, mas não é! Compare.
Depois que conheci a Katniss, de Jogos Vorazes, para eu me sensibilizar, me empolgar ou ficar temerosa por algum personagem que tenha que sobreviver na floresta, a situação tem que ser muitooooo pesada/forte e envolvente. Isto não aconteceu com a Tally, por isto este foi o pico inferior do gráfico. Achei esta parte um porre.

E por falar em porre, o que é aquele estado borbulhante??? 'Vamos saltar de jaquetas Bungee Jump para ficarmos borbulhantes', 'Não vamos comer e só vamos beber café para ficarmos borbulhantes', 'Vamos nos beijar para ficarmos borbulhantes'... Esta palavra foi repetida 245834683925697465 vezes no livro! Fiquei bastante incomodada com isso. Eu sei que é borbulhante, e não espumante, mas sempre que lia eu lembrava de champagne, que lembrava de gente bêbada (ica!) então (ica!) pensei (ica!) em gente (ica!) muito louca (ica!) o tempo inteiro (ica!).

Pronto, tomei um melzinho com um chá de boldo (eca) e a bebedeira passou.
Como fiquei após o final =O

Então, após detonar o livro, tenho que ser sincera e dizer que, no geral, eu gostei da história. Gostei das doideiras dos Crims (apesar de que em algumas situações, eu sofri de novo de IFD*), gostei do Zane e achei o final  muito bacana. Dá metade para frente tem menos 'borbulhante' e por isso e pelo final quero muito ler Especiais.

As críticas ao descontrole dos homens em relação à natureza e da busca pela perfeito continuam muito evidentes, o que garante até um certo apelo social à história.

Feios foi mais perfeito que Perfeitos. Será que Especiais será mais especial que os outros dois? o.O
E ainda vou gastar mais $$$ com extras. Mas só Deus sabe quando Extras será lançado por aqui.

Este livro faz parte da lista do desafio literário (Clique AQUI para conhecer a lista completa).

*IFD: Imaginação Futurística Defasada

14 comentários:

Cíntia Mara disse...

Finalmente alguém concorda comigo que essa mulher com cara de tarada-drogada estragou a capa!!! E eu posso falar que o moço é lindamente lindo, já que não tenho namorado mesmo, haha.

Aiai, Zane... O único personagem que realmente me cativou na série.

No início da história eu tive vontade de lançar o livro pela janela do ônibus, em pela Av. Amazonas, de tanto ler "borbulhante". Não tem ninguém que faça resenha e não reclame disso. Mas sabe que hoje eu entendo perfeitamente o significado da palavra e quase já usei uam vez? Só não fiz isso porque ninguém ia entender, rs.

Me avisa se você achar Especiais por um precinho bacana? Quero comprar, mas tá muito caro. E minha Becky Bloom interior está de férias. Esse mês eu só comprei o do DL de maio. O que você comprou, pra ser mais exata, rsrs,

Kellen Baesso de Sousa disse...

Não posso ler e muito menos comprar. haha
Abstinência de compras mode on.
Estou decidida a ler Feios em maio, não aguento mais de curiosidade e ele está lá na estante esperando há um tempo. Então, nada mais justo.
Beijocas

Lu disse...

Adorei a resenha Lu, me senti BORBULHANTE, hahahaha.

Aff, continuo não me interessando pela série, acho mesmo que não curto histórias futurísticas, kkk.
Rir de mais com sua resenha e quero a p´roxima de Especiais, kkkk.

beijos.

Nanda disse...

Ei Lu,

Morro de rir da sua IFD rsrsrs, o borbulhante irrita todo mundo, não tem jeito. Mas depois que passa aquela parte eu adorei o livro.

Comparar qualquer um com a Katniss na floresta é sacanagem literária hehehe

bjoo

Nataly Gonçalves disse...

Ai agora vc me deixou assustada: Feios é mais perfeito que Perfeitos...rs. Eu ainda não tenho esse livro, então vai demorar um pouco para eu ler. Deve ser um saco mesmo ficar lendo toda hr a palavra Borbulhante :)

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Lu, qualquer post seu se torna remédio para os meus dias de mau humor. Vir aqui e não rir com seu humor inteligente é impossível!
Como eu já te disse, essa é uma série sobre a qual não tenho nenhuma curiosidade. Só comprei Feios porque estava por 7,90 e eu precisava de mais um livro no carrinho pra ganhar desconto.. rs.
Mas um dia eu leio.

Sua resenha está ótima, mas isso já é lugar comum.

Super beijo, querida!

Entre Fatos & Livros disse...

OI Lu!

"Tira a mulher da capa e, realmente, esta capa é perfeita!!" APOIADA! Eu pensei justamente isso, na primeira vez que eu vi a capa de Perfeitos! aushuahsuahsusah

Tô louca para ler Perfeitos. Infelizmente, essa série é daquelas que se vc leu um PRECISA ler todos! Não tem jeito.... tb terei q gastar $$. =S

Adorei a resenha!

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Rafaelle Vieira disse...

Oi Lu! Essa série já está na minha lista de compras, preciso ler e conferir essa história que para mim é bem intrigante e diferente. Mas antes de ler eu preciso saber... Tem triângulo amoroso? Eu adoro um triângulo amoroso.kkkkk
Sua resenha está ótima e me deixou muito curiosa.

Beijos.
Rafa{Fascinada por Histórias}

Hérida Ruyz disse...

Eu falei que esse negócio de borbulhante irrita. Tirou a graça do livro, toda hora queria fazer picatinho de Perfeitos. Sem contar que aquele papo de "isso é muito falso" tbm enche o saco. rsrs
BJs

Nina Tavares disse...

Oi Lu!
Sabe que eu me divirto com suas resenhas... sempre racho de rir!!!

Eu tô bem atrasada com o Desafio, tô com medo de não dar conta de terminar até sábado... aiiinnn, deixa eu ira ali ler!

B-jusssssss! ♥

Vivi disse...

Contado por você a história parece ser bem mais interessante...sabe o que é? A premissa não me anima. Bjs

Carissinha disse...

Como eu não li a primeira, nem li essa resenha.
Medo de spoiler.

Beijos!!

Li Um Livro disse...

Gostei bastante de Feios, mas ainda não li Especiais...
Adoro a montanha-russa. haha
A maioria das pessoas diz mesmo que não é tão bom quanto o primeiro, mas vou esperar ler pra fazer qualquer comentário. =P
Beijos!

Daniela Guimarães disse...

Típica leitura escapista, mas quem nunca?
Gostei de Feios, tive preguiça de Perfeitos (o mesmo acontece na vida real), e Especiais já está na mesa.
Espero que Westerfeld acerte a mão.
:-)

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea