terça-feira, 14 de junho de 2011

#65: Quando cai o raio (Meg Cabot)

Postado por Luciana Mara às 21:33:00

Sinopse: Jéssica era uma menina normal até ser atingida por um raio enquanto saía da escola. Mas, apesar de não ter ficado nem mesmo chamuscada, acaba descobrindo que ganhou um poder especial: ela agora sabe exatamente onde se encontram as crianças cujas fotos estampam o Disque-Desaparecidos. O problema é que, ao pensar que estava fazendo uma boa ação ligando para o telefone da instituição, ela acaba levantando suspeitas das autoridades... Agora só precisa convencer o FBI a acreditar nela.

Comentários: Preciso de uma rehab. Estou tendo overdose de Meg Cabot.
---------
Jessica Mastriani tinha 16 anos e desde cedo aprendeu uma grande lição: se alguém provocar, dê porrada!

E foi assim que ela conseguiu semanas ininterruptas de detenção na escola. Ela era punida por diversos motivos, sendo o último deles por retribuir com socos o comentário que Jeff, um de seus colegas de escola, fez sobre a forma física de sua melhor amiga, Ruth. A história é um relato, um depoimento e neste documento Jess, inicialmente, culpa Ruth por tudo que lhe aconteceu.

Se não fosse Ruth, que insistiu em ir buscá-la após a detenção a pé porque precisava emagrecer, elas não teriam se protegido da tempestade embaixo de uma arquibancada metálica e Jess não teria recebido a enorme descarga elétrica do raio que caiu na arquibancada. Se não fosse a presença de Ruth, Jess poderia ter ido de carona com Rob Winkins, seu colega motoqueiro e gato da detenção.

Mas voltando ao raio, tirando o espanto do primeiro momento, nada parecia errado com a garota e tão pouco ela queria ir ao hospital. Ela só desejava ir para casa e foi o que fez.

Lá, Jess foi recebida pela mãe com uma grande notícia: Mike, o irmão do meio, havia passado em Harvard. E depois de tudo que a família passou com Douglas (irmão mais velho) eles tinham mesmo que comemorar esta conquista e foi o que fizeram, em um dos restaurantes da família.

Já em casa, Jess contou ao pai e a Doug (Funny - again) sobre o raio. O pai não deu nenhum crédito ao acidente e nem Doug tinha dado, até que ela mostrou uma cicatriz nova em formato de estrela e ele disse que possivelmente esta era a entrada do raio e que ela deveria ter uma cicatriz similar que indicava a saída. Mas a outra cicatriz esta não encontrada (sim, Ruth investigou cada pedacinho do corpo da amiga o.O). Será que isto indicava que o raio não tinha saído dela?

Mas ela deixou o assunto para lá, foi comer cereal com leite, tocar um pouco de flauta e depois foi dormir (nem escovou os dentes, eu chequei!).

E na manhã seguinte para sua total surpresa ela sabia onde Sean O’Hanahan e Olívia D’Amato estavam. Mas quem eram estas pessoas e porque ela havia sonhado com isso era o que a garota se perguntava. Só depois Jess descobriu que eram crianças da seção ‘Desaparecidos’ da caixa de leite, aquela que ela tinha visto quando comeu o cereal.

Mas apesar da localização exata, Jess precisava checar se não estava ficando doida por ter tido aquele sonho com as crianças e quando Rob a chamou para um passeio, Jess não hesitou e se viu indo para Paoli atrás de Sean, o garoto da caixinha de leite. E supresa!!! O garoto estava realmente lá, mas sua atitude parecia suspeita. Mas ignorando isto, foi neste momento que Jess reconheceu seu dom e passou a ligar para o Disque-desaparecidos para informar a localização das pessoas que ela via na caixa de leite.

Entretanto, estas ligações não passariam despercebidas. O órgão informou à polícia que foi direto até garota. Descoberto seu dom, Jess virou celebridade.

Mas toda a exposição não estava sendo benéfica para Doug que acabou surtando e sendo internado novamente. Então, para o bem da família, Jess resolveu aceitar a proposta do FBI e se mudou para o quartel, onde médicos experientes fariam exames para descobrir mais sobre seu dom.

Esta era mesmo a intenção do FBI? E todas aquelas pessoas que Jess indicou a localização queriam mesmo ser encontradas? E com Rob, sairia romance? Descubra em Quando cai o raio.
---------
Uma coisa é certa: eu ADORO as protagonistas da Meg. Elas têm atitude, são fortes, espirituosas e super engraçadas (pelo menos nos livros da autora que já li).

E a história é tão divertida e a leitura flui tão bem que quando percebi o livro tinha acabado e eu estava ávida por mais (principalmente porque há várias pendências na história). E isto é ruim, porque até agora não vi previsão de lançamento do 2º volume da série.

Pode ser contraditório, mas o desfecho mesmo me decepcionou um pouco. Esperava algo mais emocionante.

E como não podia deixar de comentar, Rob é um tipão, super misterioso. Se o personagem for um pouquinho mais explorado na série ele pode entrar fácil nos Top 50 (50, né?! A lista tem que ser beeem grande para eu conseguir inserir todos os personagens que eu pirigueto).

Então, gostei do livro e recomendo. E se você é paciente (coisa que eu não sou) espere sair por aqui mais volumes da série. Por falar em volumes, seguem os nomes do demais títulos da série: 2-Code name Cassandra; 3-Safe house; 4-Sanctuary; 5-Missing you.

Para Quando cai o raio:



E sim, estou mesmo tendo overdose de Meg Cabot. Estou devorando a série A Mediadora e adorando. Mas estas são cenas dos próximos capítulos, ops... dos próximos posts.

18 comentários:

Nanda disse...

Ei Lu,

Ah eu também adorei este livro e tbm adoro as protagonistas da Meg. A mediadora vicica mesmo, muito bom. E as resenhas posta logo rsrs, saudade do Jesse :P

Eu acho que o Rob deve aparecer mais nos próximos sim, 50?? vc é a chefa das piriguetes literárias kkk

Tbm achei o final bem mais ou menos, não gostei foi de ter resolvido tudo tão fácil com uma pequena chantagem dela, parece coisa de sessão da tarde kkkk

bjoo
Nanda.

Bruna M. Silva disse...

Meg Cabot é viciante mesmo, mas eu ainda estou super atrasada com a autora!
Beijoss

Julia G disse...

Lu, ótima a resenha, como sempre.
Também sou fã das histórias da Meg, são mesmo viciantes - por isso parei de comprá-las! (acho que não vai durar muito tempo)

E pelo jeito, a próxima resenha também vai ser da Meg, acertei? hehe

Beijos

Caline disse...

Oi Lu adorei a resenha, mais um livro da Meg que parece ser ótimo e mais um que eu não li. Acredita que nunca li nadinha dela? Estou começando a me sentir uma estranha no mundo lietrário. Já estou de olho nesse livro a algum tempo, mas não sei quando vou poder ler. São tantos... você bem sabe como é, rsrsrsrsrs.

Xero.

Lu disse...

ei Lu,

ahh, eu amo os livros da Meg.
Não se preocupe que Rob aparece nos outros livros, kkk.
Os outros livros são ótimos, creio que você vai gostar.

p.s: tira o olho do Rob porque ele tem dona: Eu!

beijos.

Amanda disse...

Sério, Jess virou cobaia de laboratório no final do livro??!! Que horror!!

Ah, claro que eu amo a Meg Cabot né...é aquele tipo de autora que compro os livros sem nem pensar (é só ter o dinheiro ou a quem explorar kkk)

Bjs

Amanda
Vício em livros

Felipe Fagundes disse...

Só li 2 livros da Meg mas posso dizer que já gosto!
Eu estava curioso quando este livro foi lançado mas depois perdeu um pouco a graça. Ainda não li uma dessas "aventuras" da Meg, só os chick-lit, não sei se gostarei. E ainda é mais uma série? Meu Deus, a Meg não dorme!

PS: Que história é essa de que a amiga "verificou" o corpo TODO da outra? o.O

Cíntia Mara disse...

Ah, já li vários elogios sobre esse livro, mas não tenho muita vontade de ler. Sei que é besteira, mas, pra começar, a capa é feia e sem graça =P Quem sabe, quando sair os próximos, eu não anime, né?

Bjos

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Gêmea, eu recebi esse livro ontem, numa troca do Skoob. Masnão vou ler agora, não, vou esperarar ter mais livros da série. Vc sabe, odeio esperar continuação de livro...rsrs

Beijocas!

Priscila Gonçalves disse...

Oi Luciana,

Sempre te vejo em alguns blogs que eu sigo,
Hoje encontrei o seu! tô seguindo tb, XD

Até hoje não li nada da Meg... o único livro que tenho é o que mais falam mal =S kkk (menino encontra menina)
As primeiras vezes que vi esse livro, pensei que era velho, a capa é sem graça rs
Mas parece ter uma história legal...

Bjooo

Isa Pina disse...

Eu fico meio em dúvida se quero ler esse ou não... eu sei que é Meg (diva), então deve ser ótimo, mas sei lá... a capa me deixou com uma sensação de livro mais ou menos! E apesar de ela nem ser tão feia, é essa minha impressão =//.
E tenho que concordar, as protagonistas dos livros da Meg são ótimas! Com humor e personalidade... sempre que leio algum dela, leio em pouquíssimos dias, a narrativa é boa demais. De qualquer forma, espero ler logo, mas não é nada "urgente".
Obs: na sua lista só tem 50? Na minha deve ter uns 5 só da Meg! KKK'
Bjs :*
Isa Pina ~ Portal dos livros

Vanessa disse...

Segunda resenha que eu vejo desse livro hoje e é outra que está me fazendo querer ler esse livro UAHSAUHSUAS Acho que vou acabar comprando. Nem todas as protagonistas da Meg eu gosto, algumas são bem bobinhas. Mas se você disse que ela é poderosona, então eu acredito. Top 50, é? UAHSUAHSAUHS

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Nataly Gonçalves disse...

Da Meg só li os 32 primeiros daquele da princesa. Adorei sua resenha e fiquei morrendo de vontade de lê-lo, mais melhor esperar lançar os outros, pq sou meio impaciente como vc, rs. Eu estou com todos da Mediadora para ler, deve ser uma das próximas leituras.

Beijinhos

Carissinha disse...

Mais um livro da Meg que quero ler.
Mas minha lista anda grande demais.

Beijos!!

ʆɛtíciɑ iɑucɦ รwiԲt disse...

Ei Lu!

AAH, eu adoro a escrita da Meg. Tá, eu só li um livro dela, mas já conta né? USHAUSHUA
Não sei, não sei..acho que vou esperar pelo menos o segundo volume para poder ler "Quando cai o Raio". Eu gostei da história do livro, parece ser bem bacana!
E agora quero só ver esse Top 50 hein Lu?? HUSUHAUHS

Bjoos'
Lets

Kellen Baesso disse...

Ai, ainda não li nada da Meg e quero tanto!
Desse ano não passa, não pode passar. hehe
Beijos

Entre Fatos & Livros disse...

OI Lu!

Posso te fazer uma sugestão? COloque no seu blog a opção de assinatura de feed por e-mail. Assim fica mais fácil de acompanhar o seu blog.

Meg realmente capricha nas protagonistas! Eu estou doida por esse livro e tb qro mto ler a a série Mediadora!

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Cacá SS disse...

Oie,
Que resenha divertida, adorei!
Sou fã da Meg, mas ainda falta muitos dos livros dela para eu ler. Essa série é uma delas. Só vejo elogios, mesmo antes de ela ser lançada aqui. Agora a cada resenha que eu leio eu fico mais curiosa.

Beijos

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea