quarta-feira, 28 de setembro de 2011

#78: Mini Becky Bloom - Tal mãe, tal filha (Sophie Kinsela)

Postado por Luciana Mara às 08:10:00

Informações:
Título: Mini Becky Bloom - Tal mãe, tal filha
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
Número de páginas: 541

Comentários: Como eu estava com saudade desta louca! Demorou, mas finalmente saiu o sexto volume da minha musa das compras, a inspiração para os meus delírios de consumo!!!

Se pensarmos que enquanto eu li o livro comprei 9, NOVE livros, acho que posso concluir que a influência dela deu certo (principalmente se pensarmos que comprei 2 livros iguais e que já tinha - A Pirâmide Vermelha. Mas estava em promoção, em PROMOÇÃO!!! Quem resiste a estas palavrinhas mágicas? E ainda pude comprar outro que eu não tinha com frete grátis!)

Eu não fiz resenha de nenhum dos livros da série da Becky no TOC. Quando comecei a escrever, há muito tempo já tinha lido os livros. Só adianto que este texto tem leves SPOILERS, ou melhor, um apanhando das histórias dos outros cinco volumes da série.
---------
A Becky Bloomwood conheceu o amor da sua vida e aprontou todas para cima dele (e comprou muito) em Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. Ela já foi para Nova York, a pedido do Luke-gatão (e comprou muito) em Delírios De Consumo Na Quinta Avenida. A Becky já ficou indecisa sobre ter um casamento luxuoso no Plaza em NY, bancado pela sogra, ou ter um casamento simples, feito pelos pais na Inglaterra (e comprou muito) em As Listas de Casamento de Becky Bloom. Ela descobriu que tinha uma irmã totalmente avessa às compras (mas ela mesma comprou muito) em A irmã de Becky Bloom. Então, o Luke foi processado, eles tiveram que se mudar para casa dos sogros na Inglaterra, mas tinham uma linda surpresa: a musa das compras estava grávida (e comprou muito para ela e para o bebê) em O Chá de Bebê de Becky Bloom.

Dois anos após o chá de bebê, Luke, Becky e Minnie, a filha do casal, ainda estão morando na casa dos pais da Becky, na Inglaterra. 

Luke, como sempre, estava fissurado no trabalho, tentando resolver os problemas financeiros da empresa e conseguir clientes importantes. Isto era extremamente necessário para que a família pudesse se mudar da casa dos sogros. Mas encontrar a casa ideal não estava fácil (principalmente uma com espaço suficiente para poucas - eufemismo gigantesco - peças do guarda-roupa da Becky). E espaço seria mesmo um problema, se considerarmos que a pequena Minnie herdou um grave talento da mãe: paixão por compras.

A menina tinha 2 anos, mas era um furacão. Tudo que ela via era dela “Bolsa MEEEUUU, sapato MEEEEU”. E o pior, a Becky ainda queria um irmãozinho para ela.

Pelo menos a Becky tinha o emprego dos seus sonhos, ela indicava as roupas certas que as clientes tinham que comprar para cada ocasião. Tudo ia maravilhosamente bem até a economia do país entrar em recessão e as pessoas serem obrigadas a parar de comprar, o que acabava com o trabalho da minha compradora favorita (será?). 

Enquanto tenta domar a Minnie, manter o trabalho (e não comprar – coitada, sei como é difícil), procurar uma casa, aguentar a dedicação ferrenha de Luke ao trabalho (e sua resistência a um novo bebê), Becky pensa em algo que pode animar a todos: fazer uma festa de aniversário inesquecível e surpresa para o marido. Mas como contornar todos os problemas? Como viver sem comprar (SOCORRO!!!)? Como pagar uma festa chiquérrima e mantê-la em segredo do marido? Descubra e se divirta muito em Mini Becky Bloom.
---------
A série da Becky é diversão garantida! E a melhor série de chick-lits que acompanho. Eu me pego pensando em como aquela mulher é doida e como o marido dela a aguenta. Sério! Eu tenho vergonha alheia, morro de vergonha da Becky! (Léo, se um dia eu ficar como ela, me interne, please! Pode usar este texto como termo de aceitação da internação).

E aquela filha então? Ela é mimada e incontrolável, apesar da Becky querer negar. O Luke tem seus momentos fofos, mas continua a ser um viciado em trabalho (talvez seja por isto que ele ature o comportamento desvairado da Becky em relação ao vício dela, só pode ser porque, no fundo, ele se acha viciado também – o fato dele amá-la é um pequeno detalhe).

Os personagens secundários que aparecem em toda a série (pais da Becky e a vizinha Janice, a Jess – irmã da Becky, e o namorado Tom (filho da vizinha), a mãe do Luke, Suze, Tarkie e as crianças e Danny (estilista)) também estão de volta, trazendo mais diversão à saga da nossa amiga.

E o final? Achei super fofo e surpreendente! Mas, ao terminar, veio uma surpresinha. Eu esperava que este fosse o último livro da série, mas pelo visto não será. A SK deixou vários ganchos para a sequência e confesso que estou ansiosa desde já. Adianto que esta história é completa, só restaram algumas situações que me deixaram com gostinho de quero mais.

Sério! Não recomendo a leitura se você que têm vergonha de rir em qualquer lugar, pois é isso que você fará. As situações que a Becky passa e suas soluções são hilárias! Para as demais pessoas, restam dúvidas de que super recomendo?*



*Também não recomendo para aqueles que não gostam de uma leitura leve, rápida e fútil.

17 comentários:

kellenbaesso disse...

Só  li o primeiro da Becky, mas amei!!! Como os preços geralmente são salgadinhos, estou me segurando para não comprar. Até porque agora só compro (para mim) no Natal, é promessa - espero que eu não a quebre outra vez. 
Sobre a quantidade de livros comprados esse mês, bem, a Becky me influenciou à distância porque eu comprei esse mês. Minha nossa!! haha
Ansiosa para ler as outras aventuras e trapalhadas da diva! 
Beijos

Camila Araújo disse...

Hummm.
Eu dei o primeiro Becky pra uma prima, mas nunca li. Agora fiquei com vontade... ^^
Rir sozinha no meio de todo mundo enquanto leio não é problema. =) Tô nem aí se acham que sou doida. Eu sou... Doida por livros!
Vou por a série toda na lista de desejados do Skoob e que venha meu aniversário! =P
Bjs.

Luciana Mara disse...

Quero fazer aniversário de novo!

Cíntia Mara de Castro Ribeiro disse...

Eu queroooo! Que raiva dessa greve, já era pra eu ter lido :(
Acho que vou reler os outros (de madrugada, né? Só pode). Sei que ri até chorar, mas não me lembro dos detalhes.

Pelas 50 páginas que li, Minnie me pareceu insuportável. A Becky é muito mais carismática, haha.

Bjo

Luciara Silva disse...

ei Luuuu,
amei a resenha amiga, sério, preciso ler esse livro urgentemente, rsrsrs.
Aff, adoro essa série, é uma das minhas favoritas.
estava mesmo com saudades das confusões da Becky.
Pelo jeito vou amar a filhinha dela e acredito que ainda vamos ter uma série dedicada só a ela quando for uma garota grande, hauahuaau,

beijos. ^^

Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

Rafaelle Vieira disse...

Oi Lu! Só conheço a Becky porque assisti a um filme inspirado em um dos livros, quando vi o filme nem sabia que havia uma série de livros.
 Preciso conhecer a série tenho certeza que vou amar!
beijos.

Rafa{Fascinada por Histórias}

Sanzinha disse...

É, gêmea, eu preciso ler logo essa série. Tenho o primeiro aqui, mas ainda não li. E nem sei quando o farei. O tempo fugiu de mim sem deixar substituto... rsrs

Beijos!

Cacá SS disse...

Ahhh.... eu amo a Becky!!! Não vejo a hora de poder ler esse livro. Enquanto isso, estou até pensando em reler os anteriores para entrar no clima. A Becky merece. É sim uma leitura leve, rápida, fútil e "tudibom"!!!
Beijos

nandaassisbh disse...

Ei Lu,

Não pude ler tudo, ainda tenho que ler do quarto livro para frente e não quero spoilers. Mas estou super curiosa para chegar neste, parece ser tão legal e a capa é fofa.

bjos

Adriana Goettems disse...

Sua descrição da Minnie não poderia refletir melhor o que achei dela, hahaha! Me rendeu altas risadas, assim como cada uma das obras da Becky! O amor que eu tenho com essa protagonista é INIGUALÁVEL, ela se supera sempre!!! Amei este volume e também fiquei surpresa com o final e o gancho para sequência, mal posso esperar pelas aventuras de Becky em...

O livro é fantástico como tudo que a Tia Sophie (amada e idolatrada) escreve :D

Beijos
Adriana - Mundo da Leitura

Luciana Mara disse...

Nem fala...
Os amarelinhos ferrando nossas entregas.

Vc precisa ler a parte do shopping.
Juro que tive vontade de esganar aquela pirralha.

bjins

Vanessa disse...

To fugindo de spoilers, já te falei? UASHAUSHUA Eu to muito viciada em procurar spoilers de tudo e isso tem que parar. Então não li sua resenha por causa dos possíveis spoilers. Só li o primeiro livro da Becky, vergonha :x

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Julia G disse...

haha, ótima resenha Lu. Já fiquei angustiada imaginando as situações em que a louca se coloca, e pensando em como eu tenho detalhes dela também ;/
Acredita que o único livro que li dessa série foi A irmã de Becky Bloom? Coisa idiota né, mas eu sismei que queria ler um livro em inglês pela primeira vez, e esse foi o que achei a melhor capa entre os demais em inglês na livraria.. Como aqui o nome do primeiro era "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom", não liguei à série quando achei "Shopaholic and sister", então li mesmo assim. Quero ver se leio tudo direitinho, se puder!

Beijos

Nataly Gonçalves disse...

Lu, não li sua resenha pq aida não li nenhum da Sophie Kinsella...vc acredita? rs
Mas prometi que vou me dar de presente de aniversário alguns livros dela e o novo da Marian Keyes que deve ser lançado até o fim do ano.

Obs: se sem ler eu já sou um Becky Bloom imagine lendo...ah nem quero ver, rs

Hérida Ruyz disse...

Oi Lu!
Eu fujo de chick-lit. Não consigo ler nem a pau. rsrs
Bjs

Luciana Mara disse...

E eu fujo para eles ^.^

Letícia Iauch disse...

Ei Lu!

Nunca li nenhum livro da Becky. Mas sério, depois dessa resenha, acabo de colocar a Edição de Bolso no carrinho mesmo -  pobre é assim, compra até ed. de bolso pra ler o livro que quer! HAHAHAH (agora é torcer pra minha mãe liberar a verba (yn))
Eu já vi o filme e amei, imagina como deve ser o livro *-* 
Deu vontade de comprar logo a série toda e DEVORAR! Adoro SK, então Becky Bloom deve mesmo ser demais! 
E a Minnie - embora você disse que ela é chata e mimada - deve ser uma fofa *-* Afinal, é filha da Becky HAHAHHA
Amei a resenha Lu!

Bjoos'
Lets

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea