segunda-feira, 12 de março de 2012

#95: A Linguagem das Flores (Vanessa Diffenbaugh)

Postado por Luciana Mara às 21:47:00

Informações:
Título: A Linguagem das Flores
Autora: Vanessa Diffenbaugh
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 304


Comentários: Eu gostaria de escrever uma resenha apaixonada. Uma resenha que fizesse você desejar este livro urgentemente. 

Porque é isso que eu sinto após terminá-lo. Uma felicidade por tê-lo lido. O livro é simples e envolvente. Não há vilões, exceto as dificuldades da vida. É aquele tipo de livro me fez adiar a noite de sono e torcer para que o congestionamento durasse um pouco mais. É um livro de mal-entendidos, de revolta, solidão, crescimento e reencontro. É um livro que fala de flores como se elas fossem palavras que tem o poder de te alegrar, te ferir ou simplesmente mostrar que ainda há esperança.
--------
Victoria Jones tem 18 anos e, finalmente, está saindo do último dos 32 abrigos que morou. Agora ela tem que se virar nos 30. O governo pagaria algumas semanas de aluguel de um quarto, mas cabia a ela arrumar um emprego para continuar mantendo-o. Era o momento da garota construir sua vida. Meredith, a única presença constante em sua vida (sua assistente social), não esperava nada dela. Nem mesmo Victoria esperava. Ela não amava a si mesma, não amava ninguém. Seu único consolo eram as flores. Cada flor tinha um significado, coisa que Victoria jamais esqueceu.

Victoria tinha 9 anos. Aquela seria sua última chance. Se ela não fosse aceita e adotada naquele lar, passaria de abrigo a abrigo até completar a maioridade. Victoria viveria com Elizabeth, uma senhora solitária que tinha um vinhedo, um segredo e conhecia a linguagem das flores.

O que aconteceu com a Victoria aos 18 anos e aos 9 anos, descubra em A Linguagem das Flores.
--------
Este era o livro que eu precisava para sair do meu fundo do poço literário particular. É uma história de descobertas e crescimento, narrado de forma tão gostosa que desde já, entra para a lista de futuras releituras.

O livro é dividido em quatro partes, em que cada uma remete a um grande fato ocorrido com a protagonista. E durante a história de Victoria somos apresentados a ótimos coadjuvantes. Uma boa protagonista não faz uma boa história sozinha. É claro que, em alguns momentos, tive vontade de matá-la por sua ingratidão. Mas a minha realidade é muito distante da de Victoria, então a perdoei de coração.

Cardo (Misantropia), Rosa branca (Um coração inexperiente), Musgo (Amor materno), Narcisos amarelos (Recomeços)
Ao mesmo tempo em que queria descobrir sobre o passado da garota, queria descobrir sobre o presente. Isto, impulsionado a capítulos curtos, me fez mais rapidamente, devorar a história.

Eu terminei o livro querendo ser uma florista por um dia e quis pesquisar sobre o significado das flores para escolher a decoração do meu casamento. Eu sei que é pedir demais, mais queria tanto que o dicionário com os nomes e significados das flores feito pela Victoria e anexado ao final do livro viesse com fotografias. Algumas eu pesquisei no google. Outras ficaram perdidas durante a história.

Em duas palavras: AMEI, FAVORITEI!

Conclusão: Descobri que gosto de histórias com plantas (também amei Encantos do Jardim – resenha em breve) e não gosto tanto de histórias com contos de fadas adaptados (DeE e A Maldição da Pedra).

24 comentários:

Camila Araújo disse...

Parece ser muito bom. ^^
Eu estou atrás do livro que me tirará da minha profunda preguicite literária atual...
Bjs.

Marcia Desiree Gontijo disse...

Que linda resenha, pude até ouvir seus suspiros! Já anotei o nome do livro... pra quando me permitir comprar.

Beijos

Rafaelle Vieira disse...

Oi Lu! 
   Já li algumas resenhas elogiando esse livro e agora que você deu cinco estrelas para ele já vou colocá-lo na lista de compras. Estou bem curiosa para ler e a capa é linda. 
  beijos.

Rafa{Fascinada por Histórias}

Luciana Mara disse...

Eu também fiquei apaixonada pela capa e mais ainda pela história, Rafa.
Eu estava precisando de um livro com um toque de realidade, sabe?

Luciana Mara disse...

Leia mesmo! É ótimo!!!
Já estou vendo a lista de compras crescendo...rs

Luciana Mara disse...

Eu também estava assim...rs.
Já decidiu qual lerá?

Cíntia Mara de Castro Ribeiro disse...

Parabéns, você conseguiu! Quero ler, rs. Não urgentemente, porque eu não sei se vou gostar dos livros com plantas. Mas fiquei curiosa pra saber o que aconteceu com Vitória. Esse negócio de passar por vários abrigos me lembra um pouco a Kate O'Malley (e rosa branca me lembra o Snow, e narciso me lembra de um outro livro, haha)

Viagem Literária disse...

Oi Lu,

Ah nemmm, eu nem estava tão interessada nesta historia e agora preciso ler. Humft 

Sobre a sua conclusão se vc ler "nove plantas do desejo e a flor de estufa" acho que muda de ideia kkkkkkkkkkkkkk. E se vc ler A guerra dos tronos tbm rsrsrs.

adorei o "amei e favoritei" hehe.

beijos

Hérida Ruyz disse...

Oi Lu,
Estou curiosa p/ ler esse livro desde que a Nanie me falou dele. Mas sua  resenha apixonada me deixou  doida de vontade de ler. rsrs
Encantos do Jardim está na minha lista de desejados a muito tempo. Vou tentar comprá-lo em breve.
bjs

Ágata Bresil disse...

Nossa, tava meio com o pé atrás sobre esse livro, mas agora eu com certeza estou morrendo de vontade de ler. Adorei.

Estou seguindo aqui. Beijos.

Tudo Tem
Refrão

kellenbaesso disse...

Sabe, Lu, eu nem tinha muita vontade de ler este livro. Ia passar em branco se eu não lesse sua resenha, agora eu quero muito ler. Porque me envolvi por suas palavras sobre o livro, quero amar e favoritar também!
Beijos

Luciana Mara disse...

Ele é uma delícia Hérida. É despretensioso, sabe?!

O ruim é que Encantos do Jardim é pequenininho.
Eu queria umas 100 páginas a mais.

É um romance 'delicado' e fofo!

Bjins

Luciana Mara disse...

Precisa mesmo, você vai gostar!

ahhh... este já li sua resenha e vou passar longe.
minha conclusão se aplica aos livros que li...kkk
Mas A Guerra dos Tronos tem conto de fadas?

=)

Bjins

Luciana Mara disse...

\o/
Mas não fala excessivamente de plantas. Ela é florista, e a partir dos desejos das pessoas ela seleciona as flores. Não é nada chato.
É curioso.

kkkk...
Já associando todas as flores...
Eu estava pegando outras para ilustrar, mas daí saquei que estas eram correspondentes às divisões do livro e não resisti =P

Bjins

Letícia Iauch disse...

Ei Lu!

NUNCA que eu ia ter vontade de ler esse livro se não fosse sua resenha! Sério, esse título não me atrai em NADA, pelo fato de eu simplesmente não ligar para flores. 
Mas, caramba, depois dessa resenha já marquei no skoob. As minhas duas palavras são: EU QUERO!
Muito boa a resenha, como sempre ;D

Bjoos'
Lets

Luciana Mara disse...

Ei Lets!

O livro é muito bom mesmo.
Eu comprei pq estava em promoção, admito!
Mas AMEI!

Bjins

Luciana Mara disse...

Isso ae, gêmea!
Quando o maridão deixar, compre mesmo!

Bjins

Luciana Mara disse...

Opa... e depois que saber sua opinião!

Obrigada! *.*

Caline disse...

Não dava nada por essa capa e esse título, achei que fosse algo no estilo auto-ajuda, sério! Por isso quando vi que você tinha resenhado vim logo ler e parece que esse é mais um dos casos que não devemos julgar o livro pela capa.

Se você amou e favoritou acho que realmente vale a pena dar uma chance.

Beijos, Caline
Mundo de Papel

Débora Lima disse...

Agora eu fiquei morrendo de vontade de ler esse livro. Já tinha visto essa capa por aí várias vezes e em nenhum momento o livro me chamou atenção. A história parece ser linda e eu quero saber mais um pouco sobre a Vitória. É tão bom quando a gente encontra um livro que ganha nota máxima em nosso conceito, né? =D
Beijos!

Ágata Bresil disse...

Pois é, A Hospedeira é bem confusa no começo mesmo e lento, mas eu acabei gostando da história.

Beijos. Tudo Tem
Refrão

Marcella Jordanna disse...

O fato de eu ter lido a resenha quase morrendo de alergia não me deixa muito a vontade com flores. Haha. Ainda não descobri, mas espero não ter alergia delas também (já que tenho alergia de tudo ¬¬).

E que fofo você ter se interessado por flores *-* Dentro dos meus livros mais velhos têm flores e folhas secas, eu adoro!

E sobre o livro... quem sabe eu não peço ele pela Arqueiro... Me interessei pela história. Precisando de alguma coisa diferente, para variar.

Beijos (:

Luciara disse...

ei Lu,
sou doida para ler esse livro, parece ser uma história muito fofa.
Sua resenha me deixou bem animada e em breve comprarei meu exemplar. ^^
beijos.

Catarina disse...

Gostei muito da resenha Lu!

A história é linda. Apesar da Victoria ser rebelde parece que ela foi muito amada pela Elizabeth (mas ela estragou tudo, né!?) Quero saber como ela estragou a relação delas e que parte do passado dela é esse que veio atormenta-la e por que?

Fiquei com vontade de ler... penso que vou começar por aqui, se alguém quiser acompanhar:

http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-Linguagem-das-Flores

...a ver se vale a pena a compra!

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea