terça-feira, 29 de maio de 2012

#103: Jane Eyre (Charlotte Brontë)

Postado por Luciana Mara às 07:59:00

Informações:
Título: Jane Eyre
Autora: Charlotte Brontë
Editora: Edições BestBolso
Número de páginas: 528

Comentários:
Eu já tinha tido ótimas referências de Jane Eyre (mamys e Cíntia), mas o livro ficava na prateleira superior da estante e, como não vejo comentários sobre ele, como vejo dos livros lançados há pouco tempo, ele ficava esquecido.

Então, ele foi escolhido como o livro de maio do Clube das Chocólatras. Em meio a minha confusão de Leo's (AQUI e AQUI), fiquei com medo de não conseguir terminá-lo a tempo, principalmente por ser um clássico. Eu não costumo ler clássicos numa tacada só, mesmo porque eu nem leio tantos clássicos assim. Mas como não se empolgar com este romance maravilhoso?
------
Jane Eyre, não tinha 10 anos, mas já passava por sofrimentos de gente grande. Órfã, ela foi morar na casa do tio, o Sr. Reed, que não tardou muito, faleceu.

Assim, a garota passou aos cuidados da Sra. Reed, em Gateshead, que mesmo prometendo ao marido em seu leito de morte que cuidaria bem daquela criança, não o fez. Além do desprezo da tia, Jane era mal-tratada pelos primos, principalmente John Reed, que sempre batia nela, fora fazer com que a mãe acreditasse que tudo de ruim que lhe acontecesse era por causa da garota.

Mas ao contrário do que era de se esperar, Jane encontrou na língua o próprio escudo. Ela falava o que pensava e isso rendeu a ela uma vaga em instituição de caridade, onde estudou e se tornou professora. Durante este tempo, Jane nunca foi visitada, não reviu os familiares, mas apesar de toda a rigidez da escola, pode-se dizer que ela foi feliz ali. A jovem aprendeu várias lições e se refinou, apesar de nunca chamar a atenção por ser considerada feia.

E ela não quis se acomodar. Sozinha, se candidatou e foi aprovada com preceptora de uma jovem francesa em Thornfield, a vários quilômetros da instituição. Assim que possível, Jane se mudou para aquela mansão obscura, e não tardou a, devido um acidente, conhecer o dono da casa, um homem de temperamento forte, vigoroso, 20 anos mais velho, carismático e feio, o Sr. Rochester.

Jane era empregada, Sr. Rochester era o patrão. Donos de duas línguas afiadas (que naquele tempo não se conheciam tão facilmente como hoje - a modernidade me assusta), surge a admiração, e dela, algo mais. E o que aconteceu com os dois descubra em Jane Eyre.
-------
Mistério, amor, paixão, dor, desilusão, tristeza, devoção, amargura, melancolia e esperança são apenas algumas coisas que encontrei neste livro maravilhoso. 

Quando se pensa em clássico, se imagina uma linguagem mais rebuscada, mais enfadonha, mas isto não  encontrei em Jane Eyre. Fico pensando se foi a forma como a autora escreveu, ou se foi um dedo do tradutor, mas a história é facílima de ler, e reler, e rereler, porque é isto que futuramente vai acontecer.

Eu não estudei livros clássicos ou nada do gênero, então posso vir a falar uma grande bobagem, apesar de ser aquilo que eu senti. Mesmo a Charlotte dando pitacos e criticando Jane Austen (Obrigada pelo texto Felipe), eu senti a narrativa dela mais próxima à desta outra autora, do que da irmã (apesar de, assim como o livro da Emily, apresentar algumas passagens nebulosas). Charlotte criou uma protagonista forte, assim como Liz Bennet de O&P. A fato das duas gostarem de homens arrogantes, a uniram ainda mais aos meus olhos.

Eu simplesmente odeio quando não consigo terminar de ler o livro na sexta-feira, porque raramente eu o leio no fim de semana. Na sexta à noite eu estava em um ponto muito crítico do livro SPOILER: Jane ficaria com o St. John - primo missionário dela, que não inseri na resenha para não revelar muito da história - e iria para a Índia? E o que teria acontecia ao Sr. Rochester após a fuga da Jane? FIM, e atormentei minha mãe horrores a cerca das minhas divagações (sem pedir spoiler, claro!). E quando tive que sair sábado de manhã e deixei 10 páginas para ler domingo à noite? Quase morri de agonia, porque este é um romance do quem você quer e PRECISA do fim para suspirar!

Só tenho uma única crítica. Faltando 1/3 para o final, achei que a história teve uma quebra no ritmo, tive vontade de pular algumas partes. Mas fico em dúvida se senti isso, pois: 1) elas eram realmente chatas ou 2) eu queria saber da conclusão logo. SPOILER: Partes do St. John pé-no-saco-missionário.

Uma pitada de religião e de fé, e outra dose cavalar de moralidade permeiam a história. SPOILER e REFLEXÃO: Se você amasse um homem, se ele também te amasse e vivesse por você, mas tivesse sido obrigado pelo pai a se casar com uma mulher que se revelou doida de pedra e psicótica assassina, o que você faria? Isto contando que ninguém sabia da existência da louca e se você não tivesse nem amigos ou familiares para dar satisfação da vida. Você viveria este amor ou fugiria? FIM Pensei, pensei e pensei sobre isto e a resposta é: eu não sei! 

Existem inúmeros filmes e seriados baseados neste livro. O filme mais recente saiu ano passado (e pra variar ainda não vi), mas meu produto muito cobiçado está sendo a série da BBC. Mês que vem, se o casamento permitir, eu compro!

O que eu sei é que quem ainda não leu, deve dar uma chance a este livro amado e favoritado! É mais um clássico inglês que, ao lado de Orgulho & Preconceito, tem uma cadeira cativa no meu coração.




Curiosidades:
  • A instituição de caridade Lowood, onde Jane Eyre estudou, foi inspirada na escola que Charlotte frequentou (Coitada!).
  • Charlotte se apaixonou por um homem casado SPOILER: Pode ser daí a ideia do Sr. Rochester ser casado com uma doida.
  • A autora se inspirou no marido para compor personagens como Rochester e St. John (segundo intelectuais).
  • Tadinha, morreu grávida.

30 comentários:

Marcia Desiree Gontijo disse...

Oi Lu, 
Li este livros há muuiitttoooooooooosss anos. Mas sou louca pra ler novamente e não achei pra comprar. Me lembro de ter gostado muito da estória e como o livro era muito velhinho minha mãe ceifou ele em uma faxina. Quase morri.

Beijos chocólatra. 

Luciana Mara disse...

Ei chocólatra!

Eu comprei o meu na Saraiva. 
Foi baratinho, pq é daquelas edições de bolso.
Leia de novo mesmo, ele é lindo!

Bjins

kellenbaesso disse...

Lu, eu tenho curiosidade em ler o livro há tempos, ela foi acordada depois que li uma resenha da San e agora de novo com a sua. Preciso dar um jeito de adquirir um exemplar, hehe. Não li nada dos spoilers, fui forte, quero ler o livro e depois voltar aqui.
E nossa, acabo de lembrar que preciso ler meu O&P. Ganhei de aniversário um livro que tem três livros da Jane Austen. Preciso tirar da estante logo. Das irmãs Brontë nunca li nada também. 
Beijos!

Luciana Mara disse...

Vc ainda não leu O&P??? Para tudo gêmea!!!
O livro é lindo, lindo!

Tem edição deste livro de bolso. É baratinho na Saraiva!

Leia os dois! São lindos clássicos!

Bjins

Thanny disse...

Lu, xô contar que só comprei esse livro por causa dessa adaptação mais recente com Michael Fassbender <3 Ainda não li, foi o livro do clube mês passado, mas com tanta pendência de parceria, não deu pra ler... agora que estou mais folgada, vou começar e espero que eu devore e fique louca como você. 

Beijos,whosthanny.com

Felipe Fagundes disse...

Ih, gente, não é que dá pra marcar mais de uma caixinha nas "Reações". Eu estava lendo super interessado a resenha e as curiosidades (Intessante 
✓ ) até chegar no final e ver o "Tadinha, morreu grávida". Eu sei, uma tragédia, mas do jeito como apareceu ficou cômico (Eu ri 
✓ ) :S

Quantos spoilers! E minha vontade de ler todos? Como fica? Mas fui forte e os pulei. Quando eu ler Jane Eyre volto aqui de novo.

Pronto, já quero muito ler esse livro. A outra irmã me desagradou muito, talvez eu dê mais sorte com essa, ainda mais se lembra Jane Austen :-)

PS: Gostei muito dessa capa.

Camila Araújo disse...

Eu não sou muito de clássicos também e nunca li Orgulho e Preconceito (mas já vi e tenho o filme).
Sei lá, clássicos são meio tensos, geralmente com mocinhas submissas ou que apanham demais da vida pra no final talvez serem felizes. Mas, surgindo a possibilidade, lerei. ^^

Bjs.

Cíntia Mara disse...

Adoro quando indico um livro, e a pessoa se empolga assim. Você gostou mais do que eu, achei algumas partes bem lentas e cansativas, mas a história é ótima mesmo.

Não acho Charlotte muito parecida com Austen, ela é bem mais séria.

Eu também não sei o que faria no lugar dela.

Luciana Mara disse...

Sério, eu fiquei triste quando vi que ela tinha morrido grávida.
A vida de todo mundo daquela família é uma tragédia! Todo mundo morreu cedo e, dizem por aí, que da mesma doença.

kkk... 
Desta vez eu exagerei nos spoilers mesmo.

ehhhh!!! 
A doidinha não acha que lembra, mas eu acho.
Não sei muito bem definir o que lembra, mas...

Ps.: Eu tb!
E tenho um colar praticamente igual esse *.*

Luciana Mara disse...

O filme é lindo, né?!
Já assisti 416879846 vezes.

É meio assim mesmo, rs.
Mas eu adoro!

Bjins

Luciana Mara disse...

Eu só não gostei muito daquela parte que eu citei no texto.
Eu queria dar uns tapas na Jane para ela não ser tão submissa ao St. John-mala.

Você achou?
Acho que as tiradas da Jane no Sr. Rochester não deixou a escrita ser tão séria.
Eu acho que ela é muito, muito, muito moralista. Isto sim.

Se bem que naquele tempo era complicado aceitar a proposta dele, né?! Se fosse hoje, acho que seria bem mais fácil ceder. 

Luciana Mara disse...

Não achei o filme para comprar em lugar nenhum.
Vou ter que baixar =/

Opa!
Depois quero saber o que achou!

Bjins

Bruna M. Silva disse...

Lu, vou ler a sua resenha assim que eu ler este livro,  sempre quis lê-lo desde que li O Morro dos Ventos Uivantes, queria ler todos os livros das Brönte!
Beijos

Rafaelle Vieira disse...

Oi Lu!
   Não conhecia esse livro e de uns tempos para cá perdi a paciência para ler os clássicos, por causa da linguagem enfadonha como você disse, mas fiquei com vontade de conhecer a história, acho que vou gostar vou aproveitar que estou lendo Jane Austen e ler esse livro também.
   Beijos.

Rafa{Fascinada por Histórias} 

Daniela Tiemi disse...

Oi, Lu! Adorei sua resenha!
Eu amoooooooooo este livro! Mas tb acho q a parte do St. John é chata! rsrs. Eu acho q tem dedo do tradutor, sim, para deixar o texto mais fluído, apesar de eu não ter lido esta edição da Bestbolso, a edição que eu li - pelo menos na época - me pareceu meio chatinha. rsrs

E, oh! Vc tah lendo "Sangue Quente"! Estou doida pra ler este livro. Vou aguardar pela resenha! rsrs.

Bjo.

Aline M. Gomes disse...

Jane Eyre está na minha lista de clássicos.
Na verdade, estou tentando ler pelo menos 1 clássico a cada 2 meses (tentando). Esse ano já foi "Alice no País das Maravilhas", "Wuthering Heights" e acabei de acabar "A Escrava Isaura".
Tá passando da hora de revisitar Jane Austen.

PS¹: Consegui resistir e só li o último spoiler.
PS²: Esse livro só me lembra a Princesa Mia que vivia citando ele.

nandacor disse...

Eu sou suspeita pra falar, porque eu amooooooo esse livro de paixão! Eu não consigo escolher apenas um livro favorito, mas se tivesse de escolher, Jane Eyre seria um dos principais candidatos. :)

Amo o fato de os protagonistas não serem bonitinhos e perfeitinhos, amo o dramalhão todo, amo a Jane que é forte e frágil ao mesmo tempo, amo Mr. Rochester, que debaixo de toda aquela rudeza e amargura é um homem bom e sofrido, amo os personagens coadjuvantes, ODEEEIO a miss Ingram, amooo o final lindo demais! <3

Eu lembro que da primeira vez que li também achei essas partes que vc mencionou nos spoilers meio demoradas de passar, mas acho que era pq eu estava doida pra saber o final. Agora que já conheço a história de cabo a rabo, de trás pra frente,os diálogos e frases e etc, acho que esse trecho dá um toque a mais na história.  Ah, eu amo tudo em Jane Eyre. Se não fosse essa parte, a história não seria a mesma coisa, então... :)

Eu não posso falar de Jane Eyre que eu me empolgo, haha... dá vontade de comentar cada detalhezinho! ;)
Esse último filme, eu assisti, mas nem gostei muito. Achei a adaptação meio fraca, e a atriz é boa, mas não me convenceu como a Jane, não parece a personagem. Já vi outros filmes, um lá dos anos 40 em preto e branco que é um bleeergh, não tem quase nada a ver com a história! O de 1996, do Franco Zefirelli, eu até acho legalzinho... mas nenhuma dessas adaptações se compara com a série da BBC. Ela é MUITO, MUITO BOA. A atriz ficou perfeita como Jane, e que Rochester é aquele, rs... Vejaaaaaa! :)

Pra finalizar esse comentário gigante, há pouco tempo li o livro 'Miss Brontë'. Não vou dizer que é um livro maravilhoso, espetacular, e tudo o mais; às vezes achei até meio lento, inclusive. Mas como fã da obra da Charlotte, achei muito interessante a história (que não fala apenas dela, mas das três irmãs Brontë). Deu pra ver que várias coisas em Jane Eyre foram autobiográficas, como eu já imaginava, além de outros pormenores. Foi muito legal saber mais sobre a Anne, a Emily e, principalmente, a Charlotte. Por isso, recomendo o livro... ;) 

É isso, pareeei! Eu disse que me empolgo qdo falo de Jane Eyre, alguém me faça paraaaar! :P

Bjs

Luciana Mara disse...

Ei Nanda!

Adoro comentários gigantes.
Mas o livro é lindo, lindo mesmo. É daquele tipo que ao mesmo tempo que você quer saborear cada palavra, quer logo chegar ao final para saber o que acontece.

Então vou fazer uma compra boa com a série da BBC \o/

Opa! Vai para o skoob.
Assim que terminei fui ler sobre a Charlotte no wikipédia. Já suspeitava que muito do livro ela tirou da própria história ;)

Bjins

Luciana Mara disse...

Eu queria tanto, tanto ter uma meta assim (e conseguir cumprir) =/
Opa... vou aguardar suas resenhas.

Ahhh.. agora quero ler o resto do Diário da Princesa....

Luciana Mara disse...

Então pode ser dedo do tradutor mesmo.
Eu achei tão, mas tão fácil ler que assustei.

Eu ainda estou formulando minha opinião sobre este livro.
É estranho d+ ler uma história sob perspectiva de um zumbi. kkk

Bjins

Luciana Mara disse...

Eu ainda gostei mais dele do que de O Morro.
Vale a pena ;)

Letícia Iauch disse...

Ei Lu!

Eu sou louca para ler Jane Eyre! Já coloquei ele no carrinho de compras diversas vezes, mas sempre ou 1) esqueço de pagar o boleto ou 2) minha mãe não QUER pagar boleto :( kkkkkkkk
Depois dessa sua resenha eu o desejo mais ainda. Também quero muito ler Emma e Orgulho e Preconceito (estes da Jane Austem *.*). 
Nunca li um clássico inglês, mas parei de ter preconceitos com clássicos há alguns meses quando descobri que eles podem ser bem legais mesmo, rs.

Bjoos'
Lets

Nataly Gonçalves disse...

Ah quero muito ler este livro!!!
É a primeira resenha que leio dele e me interessei pela história.  Acho que vou gostar mais deste livro do que o da irmã dela.

Beijinhos

Viagem Literária disse...

Ei Lu,

Eu nunca tinha tido vontade de ler este livro até vc falar dele no clube, agora fiquei curiosa e quero rsrs.Mas vai demorar, minha lista está assustadora. :P

beijos

www.lereamar.blogspot.com disse...

Hummmm, parece muito bom... Dessas irmãs Brontë já li O Morro dos Ventros Uivantes e gostei muito, achei um clássico... Vou ver se acho esse livro... Beijãoooo flor

Aline M. Gomes disse...

hahahahahahaha
Metas aleatoriamente aleatórias.

Caline disse...

Oi Lu meu gosto por leitura começou exatamente com os clássico, eles são os responsáveis por eu me tornar uma leitora compulsiva e descontrolada, rs.
Pela sua resenha esse livro me fez lembrar um pouco de O&P e como gostei bastante dele acredito que vou gostar bastante de Jane Eyre. O problema é não saber quando eu vou consegui ler.

Beijos
Caline

Carissa Vieira disse...

Eu sou louca para ler esse livro e ver as adaptações (que eu ando fugindo porque quero ler o livro antes). Adoro clássicos, mas ainda não li esse.

Você me deixou super curiosa.

Beijos,

Carissa

Julia G disse...

Lu, pode até ser puro preconceito, mas depois de ter lido O morro dos ventos uivantes corro longe das irmãs Brontë. Depois dessa resenha, entretanto, fiquei com uma opinião bem diferente, acho que preciso dele.

Beijos

Edite Esteves disse...

Parabéns pelo seu blog.
 
Partilho os meus:
http://meditacaoparaasaude.blogspot.com
e mto material nos links...
Muito Grata!

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea