terça-feira, 12 de junho de 2012

10 maneiras de (não) conseguir um namorado

Postado por Luciana Mara às 07:39:00
Eu juro que eu tentei.
Pensem em todas as possibilidades para não passar mais um dia dos namorados em branco. TODAS. 
Não foi por falta de tentativa que isto aconteceu. De novo.

A ficha caiu quando meu pai me chamou de encalhada. Eu sempre ouço as mesmas coisas: que fico enfurnada em casa lendo ou assistindo seriado com caras gatos (meu pai não falou gato. Ele disse 'caras pintas', eu apenas atualizei a gíria) por tempo demais. Disse que eu deveria parar de me apaixonar por caras fictícios e perfeitos e procurar um namorado de verdade, ou mesmo um peguete (sim! Ele falou peguete).
Mas desta vez, ao contrário as outras que eu ouvia calada, eu resolvi reagir. Eu tinha um plano. 

Todo planejamento foi feito em uma noite: a noite do dia 1 de junho, aquela que pela primeira vez fui 'adjetivada' como 'encalhada' (Querido Leo, perdoe-me por abandoná-lo por algumas horas).

Foram 10 passos. 10 métodos que eu julgava serem infalíveis. 
Do dia 2 ao 11, uma etapa a cada dia, até o dia 12, data em que finalmente eu estaria acompanhada.
Vou contar como tudo aconteceu...

2 de junho, sábado – Operação: Amigas
Eu comecei pelo mais fácil. Mandei e-mail, SMS e liguei para todas as minhas amigas do ensino médio e faculdade. TODAS.
Perguntei se elas tinham um irmão/primo/tio (novo, não divorciado, sem filhos)/colega de serviço gracinha para me apresentar.
Elas me disseram que iam checar, mas que colegas de serviço não tinham, porque se tivessem, eram delas. Oh beleza... Bando de encalhadas.
Eu e minhas amigas combinamos de nos encontrar sábado. Vamos à caça!

E é claro que liguei para a galera toda do fixo! Meu pai é quem paga a conta.

3 de junho, Domingo – Operação: Cachorro
Logo de manhã, bati na porta da vizinha e pedi seu cachorro emprestado para passear no parque.
Homens gostam de cachorros, certo? Imaginei que algum cara lindo de morrer, sarado e rico me pararia e conversaria sobre bichos. Mas só um velho com lombalgia me parou. E não, ele não me cantou! O senhor estava com dor nas costas e pediu para eu colocar no saquinho a surpresinha que o cão dele tinha deixado na calçada.

Só à noite lembrei porque não temos cachorro em casa. Sou alérgica a pelos. Não dormi.

4 de junho, Segunda-feira – Operação: Promessa
Detonada por causa da alergia,  fiz uma das coisas mais simples. Pedi a São longuinho. Fui super generosa. Prometi 1000 pulinhos!!!
Espero que ele encontre um cara bacana para mim.

5 de junho, Terça-feira – Operação: Correntes
Aproveitei a hora do almoço e fui à gráfica (preparando material para dia 11).

Busquei na minha caixa de e-mails 'corrente'.
Encontrei: 
"...então, essa simpatia foi criada pelos que amavam o Fulano e está surpreendendo a todos. 

RECEBI E ESTOU REPASSANDO.... 
Só acreditei porque o telefone tocou mesmo... 
Este é real, o telefone literalmente tocou tão logo eu li a última palavra deste e-mail!!!!! 
Faça um desejo, deseje que isto funcione e envie para 20 pessoas"

Enviei para 40 pessoas (é melhor garantir, não é?).
Mas nada. Meu telefone não tocou em nenhum momento o dia inteiro!!! Nem mesmo minha irmã (com namorado – e filho único, você pensa que eu já não pensei nisso há muito tempo?) me ligou para saber como andava o projeto, ou até mesmo a Samara me ligou para falar ‘Seven Days’!. Achei até que a bateria do celular pudesse ter acabado, mas não, estava com 78%.
Ele simplesmente não tocou. 
Assim, fui à próxima fase.

6 de junho, Quarta-feira – Operação: Açúcar
Sei que no apartamento de cima tem um cara gatíssimo. Inspirada nas comédias românticas, fui pedir uma xícara de açúcar. Foi a namorada dele (que eu não sabia que existia) vestida só com uma camisa social dele que abriu a porta e gritou: "Amoooor! Sabe aquela vizinha, a rata de biblioteca? Veio pedir uma xícara de açúcar". Só o ouvi respondendo: "A traça?"
Depois desta saí de fininho...

7 de junho, Quinta-feira – Operação: Cartomante
Uma amiga me acompanhou à cartomante que prometia trazer meu amor de volta em 5 dias. Eu disse que não tinha nenhum amor para voltar, que eu queria um. Ela respondeu o que ela estava fazendo servia para isto também. Acreditei.
Graças a Deus era início de mês, porque ela furou meus três olhos.

8 de junho, Sexta-feira – Operação: Happy hour com piriguete
Chamei uma amiga piriguete do trabalho para um barzinho depois do expediente. Virei meu anel 180 graus e coloquei no dedo anular direito. Homem adora mulher comprometida!
Mas em Happy Hour não dá para azarar, o lugar estava muito cheio e o atendimento era horrível. 
Fui embora como comecei meu programa intensivo para namorados e como ficava meu copo pela escassez de garçons. No 0 a 0, vazio.
Mas minha amiga saiu acompanhada. Piriguetes...

9 de junho, Sábado – Operação: Balada
Saí com as minhas amigas. Nenhuma delas conseguiu um irmão/primo/tio/colega de serviço simpático para mim. Acho que a là Lonely Hearts Club, formaremos o Encalhada’s club.
Também não encontrei ninguém que me interessasse na balada. Mas fui numa roda de pagode... E, digamos, pagodeiros não fazem meu estilo.

10 de junho, Domingo – Operação: Cinema
Comprei dois ingressos de cinema. Dei algumas voltas no shopping e quando encontrei um rapaz (simpático e sozinho) tomei a iniciativa e o chamei para assistir ao filme comigo. Era um drama.
No meio da sessão ele começou a chorar e disse que o ator principal era um gato.
Clássico! Eu realmente tenho dedo podre para 'homem'.

11 de junho, Segunda-feira – Operação: Impossível
Eu tentei evitar uma medida desesperada, mas não teve jeito. Logo de manhã fui buscar as 1.000 filipetas que mandei fazer de Santo Expedito dia 4, o santo das causas impossíveis.
Passei à tarde de sábado entregando filipetas na praça. Conseguir alguém para amanhã, uma coisa impossível, só com ajuda do santo mesmo. Vamos aguardar.

12 de junho, Terça-feira - DIA DOS NAMORADOS!!!
Pois é, não deu.
Vocês viram que eu tentei de todas as maneiras possíveis. Mas está tão difí...
Esperem um pouquinho que a campainha tocou!

Era dos correios! Aiii... Meus novos namorados chegaram!!! A cartomante tinha razão e obrigada Santo Expedito!

E depois desta tive que soltar:

Que encalhada o que pai!!! Você não tem noção da quantidade de homens/garotos que eu pego. Desculpa aí pai, mas eu sou é piriguete literária!

Ps.: Não, o carteiro não era um gato. Mas também, nem tudo é perfeito, não é? 
---------------------------
Texto escrito por mim e publicado no Universo Literário, ano passado, antes do blogger beber e deletá-lo. Texto tapa buraco.

25 comentários:

Miriam disse...

HSAUHSUAA, OK, eu já tô no dia 12 com este espírito! Mr. Darcy que me aguarde! :D

liliansilva disse...

O texto pode ser tapa buraco, mas que eu ri, eu ri. Principalmente do pai falando peguete. MAUHAUAHUAHAUHU

Luciana Mara disse...

Hummm... ele é um bom companheiro, viu?!
Tá aprovado!

Luciana Mara disse...

Quando eu comecei a namorar (há quase 10 anos), meu pai soltou para minha mãe:  Finalmente ela desencalhou o.O
Para você ver que o texto não está muito longe da realidade não...rs

liliansilva disse...

Hahahah gente. Pais e sua sinceridade quase... cruel. Eu sou um caso perdido mesmo, e ninguém nunca falou nada. Acho que pensam 'tadinha, essa aí não tem jeito'. :P

2012/6/12 Disqus

Luciana Mara disse...

E o pior é que eu namorei uns 8 meses sem ele saber com medo dele achar ruim ¬¬

kellenbaesso disse...

Ai, Lu. Mesmo relendo o texto eu ri muito!
Você e sua criatividade cômica. Já disse para escrever um livro!
=D

Cíntia Mara disse...

E eu li o texto pensando "já vi isso em algum lugar". Nem lembrava onde, haha. Poxa, você deveria ter postado antes, pra gente poder tentar também. Sei lá né, pode ser que com alguém funcione =P

Cíntia Mara disse...

Pelo menos nisso nossos pais são diferentes. Se eu, com 26 anos, chegar com namorado em casa, meu pai vai dizer que eu tô muito nova, huahuahauha. Aliás, já te contei que ele tá meio depressivo pelo casamento da minha irmã, né? Família inteira com medo do que pode acontecer quando o dia finalmente chegar :S

liliansilva disse...

A gente nunca sabem o que eles querem da gente. #fato

2012/6/12 Disqus

Camila Araújo disse...

Minha mãe que está com esse papo de que eu nuca saio e só fico com os livros e saio sempre com os mesmos amigos e blá blá blá agora.
Sei que ela quer o meu bem, mas o que posso fazer se eu sou tímida e não sei caçar caras!?!
Por enquanto, fico com meus amores literários mesmo.

Bjs.

Luciana Mara disse...

Ohhh... Foi mal!
Bom que já sabe o que fazer ano que vem (caso colocar seu nome na barra do meu vestido de noiva ainda não tenha tido efeito).

Luciana Mara disse...

Huauaua..
Até hoje ele ainda não conformou?
Olha que ele não vai entrar com sua irmã na igreja, ele vai é fugir com ela de lá...

Luciana Mara disse...

Miloca, eu também não sei caçar....kkk
Acho que dei foi sorte.

Luciana Mara disse...

Depois do casamento eu posso tentar pensar em outra coisa...kkk

Viagem Literária disse...

Lu,

Fui lendo o texto todo e pensando... uai eu acho que eu já li isto hahaha. Só no final que fui ver que já tinha lido no blog da San.
Mas é tão legal que "vale a pena ler de novo" hehe.
beijos

Viagem Literária disse...

uai gostei deste negócio ai do nome na barra do vestido, pode por o meu também! kkk

Maria L. disse...

Divertidíssimo! Próximo ano faço isso! HDIUHDIUA. Adorei mesmo a postagem, humor realmente de chick-lit =) 

Rafaelle Vieira disse...

Oi Lu!
   Adoro o texto! Já me assumi como piriguete literária *_* e já sou rotulada pela minha mãe de encalhada que fica me perguntado o tempo todo quando vou dar um genro de verdade para ela, mas como todo dia conheço um gato literário diferente  que rouba o meu coração fica difícil atender o pedido dela. kkkkk
    Preciso testar alguns desses métodos para ver se funciona!
  Beijos.

Rafa{Fascinada por Histórias} 

Carissa Vieira disse...

Li o texto tendo a impressão de j+a ter lid. é porque eu realmente tinha lido no ano passado.
Muito bom!

Beijos

Letícia Iauch disse...

Ei Lu!

Meu pai nunca diria que eu tenho que arrumar namorado. Quando ele soube do meu namoro fez aquela cara feia, típica. HSHUAUHS
Antes eu nem ligava pro Dia dos Namorados, mal sabia se era em Junho ou em Julho (sério kkkkk).
Adorei o texto, ri muito lendo SUHAHUS

Bjoos'
Lets

Naniedias disse...

Adorei o texto! Morri de rir (e, claro, encalhada que sou anotei todas as dicas) \o/ hhhaha

Nataly Gonçalves disse...

Comecei a ler o texto e logo pensei: já li em algum lugar...claro, dia dos namorados do ano passado, rs
 
E eu ainda estou encalhada mas continuo uma grande piriguete literária, rs
 
Beijinhos

Vanessa Soeiro Carneiro disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ri horrores e amei o final.

Caline disse...

Adorei o texto, com essas dicas é quase impossível você NÃO ficar o resto da vida sozinha. O pior é que com certeza muitas mulheres já seguiram algumas ou quase todas essas dicas.
A ideia de pegar o carteiro foi legal, pelo menos ela terá a certeza de que as encomendas chegarão talvez até antes.

Beijos
Caline - Mundo de Papel

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea