segunda-feira, 17 de junho de 2013

#119: No Limite da Atração (Katie McGarry)

Postado por Luciana Mara às 07:00:00
Informações:

Título: No Limite da Atração
Autora: Katie McGarry
Editora: Verus
Número de páginas: 364

Comentários:
Acho que tenho um problema com o que as pessoas pensam dos livros que leio.

"Não galera do ônibus, este livro não é uma variação de Cinquenta Tons de Cinza apesar do título sugestivo e de duas pessoas se pegando".

Sabe como é, leio em pé (busão lotado todo dia #chora) então todo mundo vê a capa do livro. Isto me incomoda. Antes não incomodava, mas agora sim. Eu tenho problemas como os personagens dessa resenha.

---------
Noah e Echo, além dos nomes estranhos exóticos, têm problemas. 

Ela era uma das garotas mais populares do colégio, até que algo aconteceu e transformou sua vida. O problema é que ela não se lembrava Daquele dia, só tinha as cicatrizes nos braços que a transformaram na menina bizarra da escola. Tudo o que ela queria era ser normal de novo. 

Ele, um bad boy de carteirinha, com direito a jaqueta de couro e tudo (ui!). Mas sua transformação do garoto certinho para o garoto que fuma maconha por aí e que não liga para o que pensam dele tinha uma razão. 

O que eles tinham em comum além de um grande mistério sobre o passado? A mesma fofa/doida terapeuta/psicóloga e uma atração enorme. 

Eles poderiam se unir pra alcançar seus objetivos? Echo poderia ser vista com um cara barra pesada logo quando estava voltando a ser social? Noah poderia gostar realmente de alguém? 

Você pode se deliciar com esta história? SIMMMMMMMMMM!
---------
A história é contada de forma alternada, ora pelo ponto de vista da Echo, ora pelo Noah e isso foi super bacana! Apesar de voltar alguns instantes para concluir, através da visão do personagem seguinte, o que aconteceu e foi relatado pelo personagem anterior (deu pra entender?), esta estratégia possibilitou com que pudesse sentir tudo o que o casal principal sentiu e foi demais!

Preparem as pedras: eu não gosto muito de livros escritos na 3ª pessoa. Pronto, falei! Acho que histórias contadas em 1ª pessoa são mais fáceis de sentir e o fato de alternar as visões deste livro possibilitou com que eu sentisse de ambos os lados (o que normalmente é o ponto fraco das histórias em 1ª pessoa).

Se você espera ver muita pegação, vá para outro livro. O que tem aqui é uma enorme tensão entre os personagens, daquele tipo desesperador que você torce, implora pra autora dar um jeito deles se pegarem logo.

Mas mais do que isso, esta é uma história de crescimento. E foi o que me conquistou nela. Nesta história o tempo passa. As coisas não pioram num dia e se resolvem no dia seguinte. Passam-se semanas. Os personagens sofrem e você sofre junto.

Gente, vou contar outra coisa. Sou bem careta e me incomodo quando os personagens vão ali no cantinho fumar maconha. Tipo, se alguma coisa ruim acontece, ele tem overdose, tudo bem, porque serviu pra mostrar o que isso é ruim. O que me incomoda é tratar isso como uma coisa natural.

E o melhor? É que é uma trilogia, mas cada livro funciona de forma independente, contando a história de outro personagem, tipo Anna e o Beijo Francês e Lola e o Garoto da Casa ao Lado. O próximo livro, Dare You To vai ser lançado em breve lá fora e já estou de olho nele. Esse livro contará a história da Beth, amiga da Noah e o próximo a história do Isaiah (também amigo dele).

O clima é pesado, alguns desfechos são previsíveis, mas é aquele tipo de livro que faz você querer mais, sabe? O tipo de livro que eu preciso ler para não cair na famosa e tão conhecida ressaca.

Se recomendo?


11 comentários:

Luciana Mara disse...

Oi Lu, estou com esse livro em casa desde que foi lançado e até agora não me senti atraída pra ele não importa quantos comentários positivos tenha lido. Minha irmã leu e passou semanas falando o quanto o Noah é perfeito e como ela quer um desses na vida dela.
Enfim, que bom que você gostou. Eu estou super adorando livros desse gênero e quero mais, rsrsrsrs.
Vou tentar encaixar ele nas próximas leituras, acho que também vou acabar caindo de amores pela história.


Beijos

Luciana Mara disse...

Ahh, nem estava com tanta vontade de ler, mas agora estou curiosérrima. Parece mesmo interessante e o que você ressaltou sobre a narrativa me deixou ainda mais curiosa. Preciso!
Mas por enquanto só vou colocar na lista de desejados. :p #semcompras
Beijocas

Luciana Mara disse...

Ei Lu


Milagre!!!!
5 mesmo??
vai ser o próximo que vou pedir hehe.
Adorei a resenha, nem gosto quando tem pegação demais, normalmente acho exagerado. Pelo jeito me lembrou Entre o agora o nunca que eu adorei.
bjs

Luciana Mara disse...

Lu, eu não estava tão curiosa assim com esse livro, mas ao ver que vc deu 5 estrelas fiquei curiosa.
Ah tb não gosto quando o pessoal fica olhando a capa do livro, principalmente uma sugestiva como essa, pois alguns caras ficam até olhando com uma cara de tarado hehehe.
Uma coisa não posso reclamar de trabalhar no fim do mundo, pega ônibus no final e sempre tenho no mínimo 2 hrs de leitura :P
Bjs

Luciana Mara disse...

rsrsrs....
Sua irmã é das minhas.


Eu também!
Quando souber de mais algum bom mesmo nesse gênero me fala! Cansei de sobrenaturais e distopias.


Bjins

Luciana Mara disse...

GABApride na cabeça!!!rsrsrs
Oh dificuldades...

Luciana Mara disse...

rsrs...
E eu estou doida pra esse sair no Brasil...



Bjins

Luciana Mara disse...

Você não resiste, né Silvinha?
Eu gostei bastante mesmo. Daquele tipo que empolga.


Bjins


Saudades...

Luciana Mara disse...

HAHA... Ficam mesmo e eu morro de vergonha.



Bom que dá pra ler bastante.
Pra eu ler sempre tenho que animar ler em pé (a maioria das minhas viagens são assim).


Bjins

Luciana Mara disse...

HAHA...
Mas ainda não é favorito, rs.
Agora tô curiosa com Entre o agora e o nunca...


Bjins.

Luciana Mara disse...

Eu também não gosto muito quando tratam as drogas como uma coisa banal e normal isso me incomoda muito em alguns livros. Eu ainda não senti vontade de ler No limite da atração, sei lá tem alguma coisa nele que não me atraí. Também não gostei do nome dos protagonistas, bem estranho. Vamos ver se consigo superar essa rejeição inicial e ler o livro. :D


Beijos!


Rafa{Fascinada por Histórias}

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea