quarta-feira, 3 de julho de 2013

#120: Quebra de confiança (Harlan Coben)

Postado por Luciana Mara às 07:00:00

Informações:

Título: Quebra de confiança
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272

Comentários:
"Me dá um M, me dá um Y, me dá um R, me dá um O, me dá um N!
Myron, Myron!"

Era praticamente este coro que ouvia quando a San e a Miloca começavam a falar desta série do Harlan Coben. Imaginei as duas vestidas de líder de torcida, com um pompom nas mãos. Sorry, meninas!

Eu já havia lido um livro dele, o Não Conte a Ninguém (que a propósito não tem resenha aqui, sorry²) e havia gostado. Mas já que eu PRECISAVA conhecer o Myron e, assim que surgiu uma oportunidade (livros por 10 reais no Submarino), eu o fiz.

-----
Myron Bolitar era um ex-jogador de basquete, ex-agente do FBI e atual empresário de atletas. 

Seu contratado mais recente, Christian Steele, era a maior promessa do futebol americano e, enquanto eles tentavam fechar o melhor contrato possível, uma bomba caiu em suas nas mãos.

Kathy Culver, a noiva de Christian desaparecida há ano e meio e dada como vítima de abuso sexual, saiu em uma revista com anúncios de disque sexo. Como tudo que estava ruim podia piorar, o pai dela havia sido morto na semana anterior no que parecia ter sido um assalto.

Abafar a história até o contrato ser fechado parecia impossível. Então, só restava a Myron, com ajuda de seu inseparável amigo Win, tentar solucionar este mistério.
-----
Vamos começar pela melhor parte: eu errei o(a) assassino(a) \o/ \o/
  #Dancinhadafelicidade

Não sei quanto a vocês, mas sempre que vejo um episódio de uma série policial tento adivinhar quem é o assassino e fico frustrada quando acerto (o que aconteceu na última temporada de Bones que vi, a 6ª. O assassino era sempre o primeiro entrevistado). Eu gosto da surpresa, gosto daquele detalhe que deixei escapar e que me fez errar. E isto aconteceu nesta história. Vou contar que meu sonho secreto secretíssimo era trabalhar no FBI.

Fui entupida de fatos e personagens. E o mais legal foi tentar conectá-los, tentar, porque só o Myron conseguiu fazer com que tudo se encaixasse no fim, bem no fim do livro. 

O que mais gostei no livro? Das características do personagem principal. Myron é charmoso, descolado e o melhor, sarcástico. Ele dá altas tiradas nos outros personagens. Ele arruma soluções onde parecia impossível. Ele, junto do Win, foram uma dupla fatal.

Os coadjuvantes também tem seu encanto. O Win pode ser louco, assassino, o que for. Confesso que o curti muito. A Esperanza, ex-atleta e atual assistente do Myron também tem seus mistérios. Em certo ponto, parecia que ela tinha ciúmes do protagonista, mas ao longo da história, percebi (eu acho que percebi) que era um cuidado de amigo.

E como não poderia faltar, há romance na história. E um romance sem desfecho certo, o que deu um gancho para o próximo volume (os três próximos volumes da série já publicados pela Arqueiro estão na minha lista de desejados - Jogada Mortal, Sem Deixar Rastros e O Preço da Vitória).

O que me incomodou foi a falta de explicações sobre a transição de empregos do Myron. Por que ele saiu do FBI e virou agente de atletas? Sei o motivo dele largar o basquete, mas me incomodou essa saída do FBI, mas a permanência do "visto" de licença para investigar (pelo menos não era um 007, na teoria, ao menos). 

Adoro livros assim, com casos bem construídos para intercalar entre um romance é outro. A fórmula é básica, mas se bem escrito, é um prato certo para agradar.


P.s.: Este foi meu livro do Clube das Chocólatras de junho.

22 comentários:

Luciana Mara disse...

Lu, Myron chega a ser ácido de vez em quando rsrs Eu adoro ! Win e Esperanza são um show a parte :-) A loucura de Win assuta né ?! kkkk
Eu gosto muito dessa série porque todas essas dúvidas que a gente tem no primeiro livro são respondidas aos poucos durante a série. Estou no 3º e já pude perceber isso :-)


Bjs

Luciana Mara disse...

Muito! E eu adoro!
Chega de personagem sem sal na literatura! Já deu de sonsos.


Bom saber!!!
Vou colocar todos no carrinho assim que encontrar uma promoção ;)


Bjins

Luciana Mara disse...

Oi Lu!
Faz tempo que quero ler os livros desse autor, mas acabo sempre deixando para depois. Também gosto de livros assim, com um mistério e um assassino para descobrir adoro ser surpreendida. As histórias assim me deixam vidrada e é muito legal ficar tentando descobrir o mistério. :D


Beijão!


Rafa{Fascinada por Histórias}

Luciana Mara disse...

Oi Lu, adoro o Myron mas ele acompanhado pelo Win é ainda melhor.
Li apenas um livro do Harlan tendo eles como personagens, mas me apaixonei de cara, apesar de não ter curtido muito o livro.
Sempre sinto que preciso ler os outros livros, mas por mais que tenha gostado dos personagens e adorado a forma de escrever do Harlan, nunca me sinto disposta a comprar os outros livros da série. Não entendo porque, rsrsrsrs.


Adoro quando um autor nos surpreende e eu não consigo descobrir o assassino.


Beijos

Luciana Mara disse...

Espero que essa frase "O Win pode ser louco, assassino, o que for." não tenha sido um spoiler do final do livro.....

Luciana Mara disse...

\o/ Myron, Myron, Myron!!
Os próximos livros também estão nos meus desejados, porque uma dose de Myron e companhia é sempre boa. ^^
Eu adorei o livro e também senti falta dessa explicação do FBI, pode ser que venha nos livros seguintes. Bem que o Submarino podia fazer mais 3 por R$ 30 e frete grátis com esses títulos inclusos, né? Cairia em tentação. :)
Beijocas

Luciana Mara disse...

Eu e a San já entramos num acordo que o Myron é meu e o Win é dela. rsrs
Eu também gosto é de não descobrir o culpado. =) Sempre crio minhas suspeitas e teorias, vou mudando a medida que a história passa e no fim espero pelo menos ter passado perto. Não fico frustrada quando descubro, mas prefiro saber só no final.
A passagem do Myron pelo FBI ainda não foi explicada mesmo não, mas os fatos da vida dele e da do Win vão sendo contados aos poucos. Em cada livro a gente recebe mais um pedacinho de história.


Beijos.

Luciana Mara disse...

Não é um spoiler, pode ficar tranquilo(a)
;)

Luciana Mara disse...

Eu ainda estou dividida.
Não sei com qual das duas brigar, rs.


Ahhh...bom demais saber disso!
Agora é esperar Submarino colaborar =P


Bjins

Luciana Mara disse...

Mais uma pro coro.


Ohhh... se souber de promoção, me conta.
Mas uma 3 por 30 com os três livros e FG seria sonho *.*


Bjins

Luciana Mara disse...

E leu um na metade da história?
Odeio esse povo que lança a série fora de ordem.


kkkkkk...
Se estiver numa mega promo acho que vc anima, rs.


;)


BJins

Luciana Mara disse...

Pode investir, Rafa!
Você vai curtir ;)


Bjins

Luciana Mara disse...

Ei Lu,

Engraçado que eu comecei esta série fora de ordem sem saber, li Quando ela se foi sem saber que era o 9. Ai depois comecei certinho pelo 1 afff. Mas, enfim, no 9 eu achava que estava totalmente perdida por não saber muito sobre o passado do Myron e do Win, e ai quando li o 1 vi que ele não responde mesmo tudo. Muito do passado deles fica sem explicação, da a impressão que não estamos no primeiro da série rs.



No mais eu adoro todos os personagens, já tentei pesquisar os livros dele em inglês para saber se tem algum livro anterior com os personagens, mas não achei nada ainda hehe.


Adorei imaginar as meninas de líderes do torcida kkkkkkkkk


bjs

Luciana Mara disse...

Não sei se foi por que li uns 3 ou 4 livros do Harlan antes de conhecer o Myron mas tenho sentimentos conflitantes quanto a esse detetive. Eu gosto das histórias, fato. Mas prefiro muito mais os livros únicos.


O Myron é muito engraçado e isso de certa forma me incomodou por aparecer no meio de um suspense. Mesmo nas cenas sérias e tensas o Myron desmoraliza os agressores mentalmente (ou não rs) e quebra todo o clima. Como comédia, adoro, mas eu prefiro quando há mais tensão.


Eu queria que tivesse mais espaço para os coadjuvantes. Esperanza me faz rir muito implicando com a Jessica. E o Win é louco oO


Eu comecei do 2º livro e voltei para o 1º também pensando que ia conhecer o início da história do Myron e quebrei a cara.

Luciana Mara disse...

Oi, Lú!

Primeiramente, adorei a escolher do meu livro do mês no clube.

Adorei a resenha e o melhor é q eu já tenho esse livro, então não terei q comprá-lo.



Tb adoro os livros q o culpado é uma surpresa.


Bjos.

Luciana Mara disse...

Eu acho as saídas dele geniais!!!
É um "detetive" diferente do convencional. Não é aquele cara sério, objetivo. Myron quase deixa a vida levar.


A Nanda ainda disse que o Win piora o.O


ihhhhhhh

Luciana Mara disse...

Ou seja, praticamente não tem importância a ordem de leitura, rs.


Eu acho que não tem mesmo.
É torcer pra explicar alguma coisa nos próximos...


kkk


Bjins

Luciana Mara disse...

E depois me conta no Face o que achou de A seleção, Silvinha ;)


rsrsrs...
Tem os outros da série tb?


:)


Bjins

Luciana Mara disse...

Acho que é no segundo livro que o Win faz uma coisa que eu fiquei: MEU. DEUS. Tem um demônio morando nesse homem, só pode rs

Luciana Mara disse...

Preciso desse livro!

Luciana Mara disse...

Eu nunca li nada do Myron. Só li Cilada do Harlan e gostei bastante. Tenho que começar a ler outras coisas do autor.


Bjs

Luciana Mara disse...

Penso no Harlan Corben como um autor de livros adultos. E eu precisava ler mais livros assim, porque se continuar lendo só YA como é o meu desejo, vou entrar em crise aqui, afinal já saí há alguns anos da adolescência.


Vou procurar esse só porque vc falou, em termos mais comportados, que o protagonista é foda. Vou atrás.


Bjo, Lu!

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea